Secretaria de Agricultura e Abastecimento

Coordenadoria de Defesa Agropecuária
Facebook Twitter Youtube Flickr
20/10/2005

Alckmin entrega veículos para Defesa Agropecuária.

O governador Geraldo Alckmin esteve em Campinas nesta quinta-feira, dia 20, para a entrega de 73 veículos para os Escritórios de Defesa Agropecuária. O governador ressaltou que os veículos vão reforçar as ações de Estado nesta área, num momento em que o país atravessa uma situação delicada e deverá perder milhões de reais com a exportação da carne por questões fitossanitárias. Ele destacou que a carne é o segundo complexo de produtos de exportação brasileira. Alguns países, como a União Européia, deixaram de importar carne do Mato Grosso do Sul, onde surgiram os focos de febre aftosa, e também dos Estados vizinhos, como São Paulo. Já outros países, como Israel, embargaram toda a carne brasileira. Segundo Alckmin, além da perda com a exportação, isso também deve se refletir no emprego.

A Coordenadoria de Defesa Agropecuária é responsável pelos programas de sanidade animal e vegetal, os quais incluem campanhas de vacinação, fiscalização sanitária e assistência aos produtores. “Este reforço na nossa estrutura acontece num momento importante quando nossos agentes de defesa precisam de instrumentos para realizarem o seu trabalho”, afirma o secretário de agricultura e abastecimento, Duarte Nogueira. Desde 10 de outubro, com a constatação de foco de febre aftosa no Mato Grosso do Sul, a entrada de animais e produtos estavam proibidos, com diversas barreiras nas principais rodovias de acesso ao nosso estado e com mais de 90 fiscais volantes atuando na divisa.

“Com a publicação de portaria flexibilizando a entrada de produtos e criando os corredores sanitários, os nossos agentes precisam de todo o apoio”, afirma Nogueira. A Coordenadoria de Defesa Agropecuária possui 1.300 funcionários.