Secretaria de Agricultura e Abastecimento

Coordenadoria de Defesa Agropecuária
Facebook Twitter Youtube Flickr
15/12/2005

São Paulo bate recorde no índice de vacinação contra aftosa.

A segunda etapa da campanha oficial de vacinação contra a febre aftosa, realizada de 26 de outubro a 30 de novembro no estado de São Paulo, atingiu 99,60% do rebanho paulista, recorde histórico. Com este índice de cobertura, foram vacinados 13.659.478 cabeças, ficando somente 54 mil cabeças, que devem ser imunizadas obrigatoriamente pelos proprietários sob a supervisão da Coordenadoria de Defesa Agropecuária (CDA), órgão da Secretaria de Agricultura e Abastecimento, responsável pela sanidade animal e vegetal no Estado. Em maio deste ano, o índice ficou em 99,41%.

Para o secretário de Agricultura e Abastecimento do estado de São Paulo, Duarte Nogueira, o resultado mostra a conscientização do pecuarista paulista. “Adiantamos o início da campanha para 26 de outubro, a equipe da Secretaria trabalhou junto ao setor produtivo para que todos vacinassem dentro do prazo estabelecido”, afirma o secretário. Ele enfatiza que o esforço da cadeia faz com que São Paulo não registre um único foco de febre aftosa há quase dez anos.

Das 40 regionais que compõem o quadro da CDA, em 11 delas, 100% do gado foi vacinado durante a etapa. São elas: Andradina, Araçatuba, Assis, Avaré, Dracena, Jaboticabal, Jales, Orlândia, Ourinhos, Presidente Prudente e Votuporanga. Com a fiscalização dos técnicos da Secretaria, os criadores que não vacinaram seus animais no período serão obrigados a fazê-lo agora, alcançando a imunização de todo o rebanho.

Os resultados da campanha de vacinação contra a raiva dos herbívoros, que também ocorreu no mesmo período, estão sendo finalizados.

Fonte: Assessoria de Comunicação/SAA