Secretaria de Agricultura e Abastecimento

Coordenadoria de Defesa Agropecuária
Facebook Twitter Youtube Flickr
20/07/2006

Bastos realiza a 47ª Festa do Ovo.

O secretário de Agricultura e Abastecimento do estado de São Paulo, Alberto Macedo, participa nesta sexta-feira (21/07) às 14 horas da abertura oficial da 47ª Festa do Ovo, no município de Bastos. O evento, o mais importante do município e o principal do setor avícola paulista, é organizado pela Prefeitura Municipal de Bastos e reunirá avicultores, técnicos e especialistas de todo o estado de São Paulo.

Durante a abertura, o secretário Macedo deve destacar a importância dos trabalhos de pesquisa, extensão e principalmente os de defesa agropecuária realizados na região pela Coordenadoria de Defesa Agropecuária (CDA), órgão da Secretaria de Agricultura que, em parceria com o setor produtivo e principalmente com os Sindicatos Rurais, realiza cursos e seminários, instruções de manejo e desinfecção das granjas, além de um monitoramento permanente das granjas da região de Bastos para evitar o aparecimento de doenças.

Para Macedo, graças ao intenso trabalho de vigilância, fiscalização e orientação dos produtores, a Secretaria de Agricultura declarou, no último mês de novembro, o “bolsão” composto por 16 municípios da região de Tupã, área controlada com vacinação para Laringotraqueite Infecciosa, doença respiratória que ocorre principalmente em galinhas de postura e que provoca queda na produtividade e morte de aves adultas. “A medida, adotada depois de dois anos de restrição, permitiu aos produtores retomar o envio de ovos férteis, pintos e aves para o abate fora da região, mediante solicitação apresentada à CDA, e inspeção, por parte do órgão, quanto às exigências sanitárias estabelecidas para as granjas da região”, explica.

Outro importante fator para a liberação dos produtos avícolas da região foi o estabelecimento das medidas de biosseguridade das granjas e da campanha de vacinação, já no início de 2004. “Estabelecemos um intenso trabalho de acompanhamento das granjas e a vacinação obrigatória das aves entre quatro e 70 semanas de vida, nas mais de 180 propriedades da região, assim como a imunização das aves de reposição que ingressam na área do Bolsão”, explica o Secretário, salientando que a vacinação é restrita à região de Tupã, portanto proibida em outras áreas do Estado.

A região de Bastos é a principal produtora de ovos do estado de São Paulo. Em 2005, com uma produção de cerca de 10,3 milhões de caixas (30 dúzias) a região respondeu por 35% da produção de ovos do Estado, que naquele ano foi de 29, 2 milhões de caixas.

Serviço:

Abertura oficial da 47ª Festa do Ovo de Bastos.

Local: Recinto de Exposições Kisuke Watanabe

Data: 21 de julho às 14 horas

Informações:

Assessoria de Comunicação

Tel.: 11 5067-0069 – www.agricultura.sp.gov.br

Euzi Dognani/ Wagner Pinho

Fonte: Assessoria de Comunicação SAA