Secretaria de Agricultura e Abastecimento

Coordenadoria de Defesa Agropecuária
Facebook Twitter Youtube Flickr
06/12/2006

Citros: Controle do greening será feito pelo produtor.

O evento de lançamento marca uma campanha intensa a ser realizada em conjunto entre a Secretaria de Agricultura e Abastecimento e o Fundecitrus (Fundo de Defesa da Citricultura) em todo o estado de São Paulo para a conscientização e participação do citricultor no controle sanitário do greening.

Alteração na legislação federal prevê que o citricultor faça a inspeção e seja responsável pela erradicação da planta doente. Até então isto era feito pelos órgãos de defesa agropecuária.

Durante o lançamento, nesta quinta-feira (07/12) a partir das 10h, participarão o secretário de agricultura, Alberto Macedo, o presidente do Fundecitrus, Osmar Bergamaschi, o coordenador substituto da defesa agropecuária, Paulo Brito, técnicos da Secretaria, citricultores e representantes do setor produtivo. Na ocasião serão apresentados a legislação, evolução da doença no estado e o material da campanha.

A campanha consiste na distribuição de folders explicativos da doença contendo os aspectos da nova legislação, além de realização de palestras e workshops com os produtores nas regiões citrícolas. Para esta campanha de conscientização, uma importante aliada será a capilaridade e abrangência da Secretaria com seus 40 escritórios regionais de desenvolvimento rural, os 40 escritórios de defesa agropecuária e as casas de agricultura nos municípios, assim como a estrutura permanente do Fundecitrus de orientação e fiscalização.

Segundo a Coordenadoria de Defesa Agropecuária, órgão da Secretaria responsável pela sanidade animal e vegetal no estado, o objetivo é envolver os diversos elos da cadeia produtiva na inspeção e erradicação da planta. O produtor será responsável pelo controle sanitário do seu pomar em relação ao greening, assim como já o faz com o CVC, leprose e outras doenças.

A Coordenadoria e o Fundecitrus farão inspeções por amostragem e o produtor ainda fica obrigado a erradicar a planta uma vez constatada a doença pelos laudos realizados pela Secretaria de Agricultura.

Serviço:

Lançamento da Campanha Estadual com Participação dos Citricultores no Combate ao Greening – Apresentação da Nova Legislação.

Dia 07 de dezembro de 2006, a partir das 10h.

Local: Auditório da CATI - Avenida Brasil, 2340 – Jardim Chapadão - Campinas/SP.

Fonte: Assessoria de Comunicação/SAA