Secretaria de Agricultura e Abastecimento

Coordenadoria de Defesa Agropecuária
Facebook Twitter Youtube Flickr
14/11/2008

Agrotóxicos: Brasil destina 21 mil t de embalagens vazias em dez meses.

14/11/2008 - Vinte e uma mil toneladas de embalagens vazias de defensivos agrícolas já foram encaminhadas para a destinação ambientalmente correta (reciclagem ou incineração) este ano no Brasil. Esse volume, registrado nos primeiros dez meses de 2008, representa um crescimento de 15,4% em relação ao mesmo período de 2007, quando foram destinadas 18 mil t. Apenas em outubro, foram processadas duas mil toneladas de embalagens vazias.

No acumulado de janeiro a outubro, quatro Estados brasileiros já ultrapassaram o volume destinado em todo o ano passado: Goiás, Alagoas, Mato Grosso e Paraná. Nesses Estados, o volume acumulado em 2008 já superou o total de 2007 em 54%, 22%, 3% e 2%, respectivamente. “Ações de conscientização junto aos agricultores, recebimentos itinerantes de embalagens vazias e maior rapidez do produtor na devolução são alguns dos fatores que contribuíram para a retirada desse grande volume de embalagens do campo no período”, ressalta João Cesar Rando, diretor-presidente do inpEV.

Dados do instituto mostram ainda que os Estados que mais encaminharam embalagens vazias para o destino final de janeiro a outubro deste ano foram Mato Grosso (4,8 mil t), Paraná (3,7 mil t) e São Paulo (2,7 mil t). Já os que apresentaram maior crescimento percentual nos primeiros dez meses de 2008 em comparação ao mesmo período do ano passado foram Goiás (68,2%), Alagoas (41,3%) e Rondônia (26,6%).

Os índices positivos do programa de destinação final brasileiro, internacionalmente reconhecido como referência, são resultado de ações conjuntas que envolvem agricultores, indústria fabricante, canais de distribuição, cooperativas e poder público. (Fonte: InpEV - www.inpev.org.br)