Secretaria de Agricultura e Abastecimento

Coordenadoria de Defesa Agropecuária
Facebook Twitter Youtube Flickr
18/07/2008

Greening: São Paulo realiza reunião conjunta entre estados produtores de citros

18/07/2008 - Acontece nesta segunda-feira (21/07), a partir das 14 horas, encontro entre representantes de órgãos de defesa agropecuária envolvidos na área de sanidade vegetal de nove estados brasileiros com produção de citros, são eles: Alagoas, Sergipe, Bahia, Espírito Santo, Minas Gerais, Goiás, Paraná, Santa Catarina e o próprio Estado de São Paulo. A reunião faz parte dos trabalhos de combate ao greening, doença de citros que ataca pomares paulistas e de alguns municípios mineiros e paranaenses.

O workshop para conhecimento da doença envolve palestras na segunda-feira na sede da Coordenadoria de Defesa Agropecuária (CDA), em Campinas, com apresentações técnicas sobre a doença e quadros de avaliação no combate. Na terça-feira (22/07) pela manhã, eles vão ao Centro de Citricultura, em Cordeirópolis, referência em pesquisas citrícolas e visitam propriedades produtoras da região de Limeira. O encontro é fruto também de solicitação do Fonesa – Fórum Nacional dos Executores de Sanidade Agropecuária, que reúne todos os órgãos oficiais de defesa agropecuária do país.

O estado de São Paulo tem desenvolvido uma série de ações de combate ao greening como a admissão de 356 novos profissionais para a CDA, que vão reforçar os trabalhos de prevenção à doença. O Governo do Estado prepara, ainda, uma campanha de mídia para conscientizar o produtor sobre o seu papel no combate à doença. Também estão previstos seminários em dez regionais da Secretaria, principalmente para esclarecimento sobre a legislação que rege o assunto e a identificação e controle da doença, e cursos dirigidos aos produtores para treinamento de inspeção do pomar, envolvendo sempre órgãos públicos e privados.

Em 17 de junho, houve audiência no Ministério da Agricultura sobre o tema. Dentre os encaminhamentos estavam ação conjunta entre Mapa, Fundecitrus e a Secretaria, órgãos de defesa agropecuária do Paraná e de Minas Gerais para combater, de forma integrada, a propagação do greening. Uma destas ações é o encontro desta segunda-feira.

A doença já foi detectada, oficialmente, em 182 municípios paulistas. Desde o surgimento no Estado, mais de três milhões de árvores foram erradicadas. Cabe ao produtor, conforme instrução normativa do Ministério (nº 32, de 2 de outubro de 2006), fazer as inspeções e eliminar as plantas com sintomas do greening.

Relatórios - Terminou no dia 15 de julho, o prazo para o citricultor paulista entregar o relatório de vistoria que fez em seu pomar entre 1º de janeiro e 30 de junho, conforme determina a IN 32. A inspeção tem de ser realizada pelo menos uma vez por semestre e, a entrega, ocorrer no prazo de 15 dias no Escritório de Defesa Agropecuária (EDA) da região onde fica a propriedade. A vistoria do segundo semestre é de 1º de julho a 31 de dezembro, com entrega dos relatórios até 15 de janeiro de 2009.

Serviço:

Greening: encontro de representantes de órgão de defesa agropecuária.

Dia 21 de julho a partir das 14 horas.

Local: Coordenadoria de Defesa Agropecuária - Avenida Brasil, 2340 – Jd. Chapadão – Campinas/SP.

Informações:

Assessoria de Comunicação - Tel.: 11 5067-0069 – Euzi Dognani/Adriana Rota - www.agricultura.sp.gov.br

Assessoria de Imprensa – CDA - Teresa Paranhos – 19 3241-4700