Secretaria de Agricultura e Abastecimento

Coordenadoria de Defesa Agropecuária
Facebook Twitter Youtube Flickr
24/03/2009

Aftosa: São Paulo avança e a vacinação será somente para bovinos até 24 meses.

24/03/2009 - Na etapa de vacinação de maio, os pecuaristas do estado de São Paulo serão obrigados a vacinar todos os bovinos e bubalinos com até 24 meses de idade. Antes, a obrigatoriedade era para todas as idades. A imunização de todo o rebanho só deverá acontecer uma vez ao ano e ficou determinada para a etapa de novembro. A solicitação do estado de São Paulo em alterar o calendário de vacinação contra a febre aftosa recebeu parecer favorável do Ministério de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

O avanço do Governo de São Paulo só pôde ocorrer devido aos expressivos índices de imunizações alcançados nas campanhas realizadas, há 13 semestres com cobertura acima de 90% do rebanho, e também porque o estado não registra nenhum caso da doença há 13 anos (completos em 2009

Segundo o secretário João Sampaio, a conscientização do pecuarista e o trabalho sanitário da Coordenadoria de Defesa Agropecuária (CDA), responsável pela sanidade animal e vegetal, permitiu tal avanço. “Nossa estratégia é caminharmos para a retirada total da vacina, mas vamos gradualmente adotando as medidas necessárias para isto ocorrer”, afirma o secretário.

São Paulo tem hoje um rebanho bovino da ordem de 12 milhões de cabeças, mas é um grande corredor de exportação. A cadeia de bovinos é o segundo item na pauta de exportações totalizando US$ 3,16 bilhões em vendas externas em 2008, perde somente para o setor sucroalcooleiro (açúcar e álcool).

Informações:

Assessoria de Comunicação - Tel.: 11 5067-0069 – www.agricultura.sp.gov.br - Euzi Dognani/ Adriana Rota/ Nara Guimarães