Secretaria de Agricultura e Abastecimento

Coordenadoria de Defesa Agropecuária
Facebook Twitter Youtube Flickr
07/12/2009

Gestao em saúde animal é tema de curso em São José do Rio Preto.

07-12-2009 – Será realizado nesta quarta-feira (09/12) em São José o Rio Preto o curso de capacitação em gestão de projetos com o objetivo de desenvolver um modelo participativo de gestão pública em saúde animal, conforme protocolo de intenções assinado este ano no lançamento da primeira etapa de vacinação contra febre aftosa de 2009.

O curso, que será ministrado pelo instrutor Alberto S. Brito com larga experiência em gestão de projetos, será apresentado na forma de oficinas de trabalho, aliando teoria a prática. Os conceitos da moderna gestão de projetos serão aplicados a projetos reais, de interesse dos participantes, que terão a oportunidade de exercitar técnicas de trabalho em equipe para alcance de resultados.

Participam representantes do Sindicato Rural de São José do Rio Preto, Conselho Regional de Medicina Veterinária de São Paulo, Associação Comercial e Empresarial da cidade, Faculdade de Medicina Veterinária do Centro Universitário de Rio Preto (Unirp), Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Escritório de Desenvolvimento Rural (EDR) e do Escritório de Defesa Agropecuária (Eda) de São José do Rio Preto.

Segundo o coordenador da Defesa Agropecuária, Cláudio Alvarenga de Melo, explica: “O modelo pretende envolver outros entes nas ações básicas de gestão de saúde animal que abrangem, por exemplo, capacitação de produtores e acompanhamento da aplicação do modelo nas propriedades, com orientação direta, tudo com vistas a garantir a sanidade do rebanho. Como resultado desse processo, o intuito é que as propriedades possam passar a ser certificadas e consigam um selo de gestão”.

SOBRE O MODELO DE GESTÃO - O objetivo geral é promover a qualidade sanitária da produção de bovídeos de carne e de leite com a participação efetiva das instituições representativas da cadeia produtiva.

Dentre os objetivos específicos estão manter a febre aftosa erradicada por meio da melhoria dos níveis e da eficiência da vacinação; controlar a brucelose bovina com a melhoria dos níveis de vacinação e a realização sistemática de exames de diagnóstico; controlar a tuberculose bovina também dessa forma, além de certificar propriedades como livres/monitoradas para as duas patologias.

O trabalho tem o intuito, ainda, de conscientizar o produtor sobre as boas práticas sanitárias para a produção de bovídeos, dentre elas, biosseguridade, uso de medicamentos e de vacinas registradas pelo Mapa, proibição do uso de proteína animal para a alimentação de ruminantes, controle de ectoparasitas (como carrapatos), de endoparasitas (vermes), vacinação contra as clostridioses (doenças causadas pela bactéria Clostridium sp), destinação correta de carcaças e dejetos, criação de uma plataforma regional para a implantação dos modelos de selo/certificação sanitária, estímulo à produção regional, à comercialização e ao consumo nacional e internacional.

SERVIÇO:

Curso de gestão em saúde animal

Data: 9 de dezembro de 2009 - das 08h30m as 17h00m

Local: Delegacia Regional do Conselho Regional de Medicina Veterinária - Rua Marechal Deodoro da Fonseca, 3011 - sala 8 - São José do Rio Preto (SP)– Tel.: 17 - 3235-1045.

INFORMAÇÕES:

Assessoria de Imprensa da CDA – 19 – 3241-4700, ramal 2283 – Teresa Paranhos.