Secretaria de Agricultura e Abastecimento

Coordenadoria de Defesa Agropecuária
Facebook Twitter Youtube Flickr
02/10/2012

Alunos de Novo Horizonte-SP visitam Laticínio e confinamento na região.

02-10-2012 - Alunos do ensino fundamental de Novo Horizonte, município da região do Escritório de Defesa Agropecuária (EDA) de Catanduva realizam nesta quinta-feira (04/10) visitas monitoradas por médicos veterinários em uma propriedade rural no município de Sales e a um laticínio no município de Irapuã como parte das atividades do Programa de Educação Sanitária, desenvolvido no estado de São Paulo pela Coordenadoria de Defesa Agropecuária com o apoio das secretarias de educação dos municípios, para o desenvolvimento do projeto “Sanitarista Mirim”. As visitas são um complemento das atividades desenvolvidas em aula, com as cartilhas produzidas especialmente para o programa.

O primeiro compromisso dos alunos é visitar o laticínio Naturalatte, do produtor e empresário Antonio Perozin, no município de Irapuã, onde terão a oportunidade de conhecer as etapas de produção. De lá, seguirão para a Fazenda Tabaju, do também produtor e empresário Diogo José de Castilho, no município de Sales, para acompanhar as atividades que envolvem o sistema de confinamento intensivo de animais.

Segundo Klaus Saldanha Hellwig, médico veterinário do EDA Catanduva, “nesta estação os alunos vão conhecer o sistema de produção intensiva, que é o início da cadeia produtiva. Esperamos despertar nessas crianças a importância das ações sanitárias e os cuidados com a saúde dos animais“. Ele informou ainda que a Defesa Agropecuária desenvolve ações em todo o processo da cadeia produtiva com a preocupação de zelar, principalmente, pela sanidade dos rebanhos e pela qualidade dos produtos em proteção à saúde do consumidor.

Heinz Otto Hellwig, coordenador da Defesa Agropecuária disse que “este projeto é um investimento que a Secretaria de Agricultura e Abastecimento do estado de São Paulo está fazendo com o apoio das escolas e dos empresários produtores da região, para a formação de produtores conscientes e responsáveis com a sanidade dos rebanhos, lavouras e produção de alimentos”.

O projeto Sanitarista Mirim foi criado para despertar o interesse das crianças e estabelecer a identidade com os assuntos relacionados à sanidade das lavouras e criações. Em Novo Horizonte foi apresentado pela Defesa Agropecuária, no início do ano, ao diretor municipal de Educação e Cultura, professor Paulo César Magri e implantado no segundo semestre. Envolve 182 alunos de três escolas (EMEF Prof. Moacyr de Freitas, EMEF Manoel Roque e EMEF Profa. Salete Aparecida Laude). Magri acredita que “as crianças se enriquecerão com o conteúdo programático e atividades em “campo” do projeto, tornando-se protagonistas do desenvolvimento rural sustentável de amanhã, garantindo a segurança alimentar da população vindoura”.

PROGRAMA - O programa de Educação Sanitária é de competência do governo do Estado de São Paulo, que visa promover a conscientização de crianças e produtores rurais sobre as ações que são necessárias para a produção de alimentos com sanidade (livre de resíduos e contaminação). Que os alimentos sejam produzidos tendo como base uma lavoura sadia, um rebanho saudável, tenha o solo conservado e o meio ambiente protegido.

Além do município de Novo Horizonte, o projeto Sanitarista Mirim está sendo desenvolvido nos municípios de Guatapará e Presidente Epitácio.

SERVIÇO:

Visitas monitoradas de alunos do ensino fundamental de Novo Horizonte-SP

Dia: 4 de outubro de 2012

Hora: das 7 às 11h30 e das 13 às 17h00

Local: Laticínio Naturalatte, Rod. Roberto Mário Perosa, km 35 - Irapuã-SP e Fazenda Tabaju, município de Sales-SP.

INFORMAÇÕES PARA IMPRENSA: Inspetoria de Defesa Agropecuária de Novo Horizonte (17) 3542-1076, Diretoria Municipal de Educação e Cultura (17) 3542-1198, Assessoria de Imprensa da Defesa Agropecuária (19) 3045-3350 – Teresa Paranhos.