Secretaria de Agricultura e Abastecimento

Coordenadoria de Defesa Agropecuária
Facebook Twitter Youtube Flickr
27/08/2012

Educação Sanitária: Defesa Agropecuária implanta ações no Estado de São Paulo.

27-08-2012 - Os municípios de Novo Horizonte, Guatapará e Presidente Epitácio iniciam este semestre as ações coordenadas pela Defesa Agropecuária paulista da implantação do Programa de Educação Sanitária em escolas de primeiro grau. A médica veterinária Maria Carolina Guido e a engenheira agrônoma Cleonice Natália Sguarezi iniciaram o treinamento dos professores envolvidos, apresentando os conteúdos que serão trabalhados em sala de aula. O objetivo do programa é despertar o interesse das crianças e estabelecer a identidade com os assuntos relacionados à sanidade das lavouras e criações.

Para Heinz Otto Hellwig, coordenador da Defesa Agropecuária “esta ação entre a Secretaria de Agricultura e Abastecimento e as escolas rurais pode trazer benefícios significativos para a sociedade, pois as crianças são agentes de educação e estão ávidas a conhecer o processo de produção de alimento. Para a Defesa Agropecuária é um investimento, pois está colaborando com as escolas na formação de produtores conscientes e responsáveis com a sanidade dos rebanhos, lavouras e dos alimentos”.

A entrega do material didático já foi realizada nas secretarias de educação de Novo Horizonte e Presidente Epitácio, municípios de que pertencem respectivamente aos Escritórios de Defesa Agropecuária (EDAs) de Catanduva e Presidente Venceslau. Nesta terça-feira (28/08) a reunião será realizada em Guatapará, município do EDA de Ribeirão Preto. “Neste encontro com os professores, estamos nivelando os procedimentos e esclarecendo dúvidas sobre os temas que compõem o material que será trabalhado em sala de aula, como as doenças das lavouras e dos rebanhos. Estamos também entregando as cartilhas que foram produzidas especialmente para este programa”, informou Maria Carolina.

“Além do material impresso, serão realizadas visitas monitoradas por médicos veterinários e engenheiros agrônomos da Defesa Agropecuária em propriedades rurais, laticínios, indústrias e pomares, com a finalidade de apresentar aos alunos alguns procedimentos que devem ser realizados pelos produtores rurais”, informou Cleonice Sguarezi.

O programa de Educação Sanitária é de competência do governo do Estado de São Paulo, que visa promover a conscientização de crianças e produtores rurais sobre as ações que são necessárias para a produção de alimentos com sanidade (livre de resíduos e contaminação). Que os alimentos sejam produzidos tendo como base uma lavoura sadia, um rebanho saudável, tenha o solo conservado e o meio ambiente protegido.

Assessoria de Imprensa da Defesa Agropecuária – 19 – 3045-3350 – Teresa Paranhos

- Informações sobre as escolas participantes podem ser obtidas junto às secretarias municipais de educação.