Secretaria de Agricultura e Abastecimento

Coordenadoria de Defesa Agropecuária
Facebook Twitter Youtube Flickr
11/04/2012

Estudante de Salesópolis fica em 3.º lugar em concurso sobre a Raiva Animal.

11-04-2012 - O aluno João Vitor Pires Leite, do município de Salesópolis ficou em terceiro lugar no concurso de redação sobre raiva animal, promovido pela Coordenadoria de Defesa Agropecuária. A cerimônia de entrega do prêmio será realizada na próxima sexta-feira (13/04), às 11 horas, na EMEF Ernesto Ardachnikoff.

O concurso é uma ação de educação sanitária, desenvolvido no estado de São Paulo pelo Programa Estadual para o Controle da Raiva dos Herbívoros e pelo Programa Estadual de Educação Sanitária, com o objetivo de conscientizar a população rural e mostrar como realizar as ações de controle e prevenção da raiva dos herbívoros.

O aluno João Vitor Pires Leite receberá, pelo 3.º lugar no concurso, um certificado de honra ao mérito e um DVD portátil oferecido pela Vallée, que apoiou o projeto. A Escola Municipal Ernesto Ardachnikoff, representada pela diretora Keila Corrêa de Lima, e a professora Léia de Morais Ferreira também serão homenageadas.

Segundo Maria Carolina Guido, “o projeto possibilitou que 3.300 alunos no Estado tiveram acesso às informações técnicas sobre o comportamento dos morcegos hematófagos, sobre os riscos com o manuseio incorreto e sobre as ações que devem ser adotadas para evitar o contágio da raiva e proteção dos animais. Essas informações foram repassadas pelos veterinários do serviço oficial de defesa e pelos professores. O concurso de redação foi um processo importante para sedimentar o aprendizado”.

Na próxima semana será feita a entrega dos prêmios aos dois primeiros colocados: Milena Teixeira, da Escola Municipal “Paulo Birolli Neto”, de Uchoa, segunda colocada e Thailla Natascha de Oliveira Pacheco, da Escola Municipal “Dante Martinelli”, de Brotas, primeira colocada no concurso de redação.

O PROJETO – Foi desenvolvido durante o mês de setembro de 2011 para divulgar o Dia Mundial Contra a Raiva, comemorado todos os anos em 28 de setembro. Foram realizadas palestras para crianças do ensino fundamental em onze municípios do Estado de São Paulo (Águas de Lindóia, Brotas, Caconde, Fartura, Guararema, Jaú, Mogi das Cruzes, Sales, Salesópolis, Socorro e Uchoa) onde ocorrem casos da doença em herbívoros periodicamente.

RAIVA DOS HERBÍVOROS - A raiva é causada por um vírus que ataca o sistema nervoso de bovinos, equinos, caprinos, ovinos, felinos e caninos. No Estado de São Paulo, na maioria das vezes, é transmitida pela saliva dos morcegos hematófagos quando estes estão infectados pelo vírus da raiva. Os morcegos hematófagos têm seu habitat nas cavernas, montanhas, furnas, bueiros e casas abandonadas. A identificação desses abrigos exige atenção e a participação de produtores e técnicos da Defesa Agropecuária que atuam em consonância com o Programa Nacional de Controle da Raiva dos Herbívoros.

A raiva causa prejuízos aos produtores, pela morte de animais, além da espoliação pelo morcego hematófago transmissor. Para o Estado, os prejuízos decorrem de gastos com diagnósticos, vacinas e pessoal que atua na prevenção da doença. Para a comunidade internacional a doença é um fator de depreciação do nosso produto.

28 DE SETEMBRO - O Dia Mundial Contra a Raiva é uma iniciativa da Aliança para o Controle da Raiva (ARC), com o apoio da Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS) e da Organização Mundial de Saúde (OMS). Instituído em 2007, tem por objetivo conscientizar as pessoas no mundo todo sobre os problemas causados pela raiva e sobre como prevenir essa doença, juntando esforços de especialistas na área de saúde humana e veterinária.

SERVIÇO:

Entrega de prêmio ao 3.º colocado no concurso sobre Raiva Animal

Dia: 13 de abri de 2012

Hora: 11 horas

Local: - EMEF Ernesto Ardachnikoff - Rua Hisashi Kimoto nº 36 - Distrito de Nossa Senhora dos Remédios – Salesópolis - SP

CONTATO:

Assessoria de Imprensa/Defesa Agropecuárias – 19 3045-3350 – Teresa Paranhos