Secretaria de Agricultura e Abastecimento

Coordenadoria de Defesa Agropecuária
Facebook Twitter Youtube Flickr
27/01/2012

Greening: Defesa Agropecuária apresenta índice de inspeções.

27-01-2012 - Números obtidos do sistema da Coordenadoria de Defesa Agropecuária mostram que foram entregues 17.906 relatórios referentes às inspeções e eliminações de plantas com greening durante o segundo semestre de 2011 pelos produtores comerciais de citros do estado de São Paulo. Deste total, 17.198 relatórios foram entregues dentro do prazo legal (16/01).

O relatório revela que do universo de 235,3 milhões de plantas cítricas inspecionadas no Estado, foram eliminadas 2,9 milhões de plantas em função do Huanglongbing-greening.

As regiões administrativas de destaque na citricultura paulista onde houve os maiores percentuais de plantas declaradas como eliminadas devido ao greening foram às correspondentes aos Escritórios de Defesa Agropecuária (EDAs) de Ribeirão Preto (4,31%), Araraquara (3,11%), Limeira (3,05%), Jaboticabal (2,12%) e Catanduva (1,95%).

Os produtores que não entregaram os relatórios estão sendo visitados pelas equipes da Defesa Agropecuária para verificar se saíram da atividade. Em caso negativo, terão de prestar esclarecimentos e ficam sujeitos a multas que variam de 100 a 500 unidades fiscais do estado de São Paulo (Ufesps). O valor de cada unidade é de R$ 18,44.

A exigência da entrega do relatório de inspeções do greening atende à Instrução Normativa n.º 53, do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento e à Portaria CDA-21, de 15 de dezembro de 2011, da Coordenadoria de Defesa Agropecuária.

INFORMAÇÕES

Assessoria de Imprensa da Defesa Agropecuária SP - 19 - 3045-3350 – Teresa Paranhos.