Secretaria de Agricultura e Abastecimento

Coordenadoria de Defesa Agropecuária
Facebook Twitter Youtube Flickr
07/04/2014

Jaboticabal: Regional da Defesa Agropecuária em novo endereço.

A sede própria do Escritório de Defesa Agropecuária (EDA) de Jaboticabal foi inaugurada oficialmente na última sexta-feira (04/04), com a presença da Secretária Estadual de Agricultura e Pecuária, Mônika Bergamaschi e demais autoridades. O prédio fica localizado na Avenida Eduardo Zambianchi, 101 - Vila Industrial, Jaboticabal-SP.

Pelo Decreto nº 60.136, de 10 de fevereiro, assinado pelo Governador Geraldo Alckmin, o EDA de Jaboticabal passou a ser denominado Escritório de Defesa Agropecuária de Jaboticabal “Anselmo Lucchese Filho”, em homenagem ao médico veterinário e coordenador da Defesa de 09/01/2007 a 31/01/2008, falecido em 18 de maio de 2013. A viúva do homenageado, Adriana Gouvea Lucchese e demais familiares estiveram presentes.

Segundo Heinz Otto Hellwig, coordenador da Defesa Agropecuária “foram investidos R$ 2.732.754,32 em recursos do Estado para a construção da nova sede do EDA que, desde 1º de julho de 2010, ocupava uma casa cedida pela Prefeitura do município. Nesse período foi possível viabilizar a construção da sede definitiva que ocupa uma área de aproximadamente cinco mil metros quadrados e pouco mais de 790 metros quadrados de área construída”.

Para Antonio Sena Filho, diretor do EDA, “na nova instalação o produtor rural da região, que utiliza os serviços da defesa agropecuária, poderá ter mais comodidade. Ele irá contar com estacionamento, uma sala confortável para aguardar o atendimento. Outra preocupação foi com a acessibilidade, com a construção de rampas de acesso, como estabelece a legislação”.

ATIVIDADES - O Escritório de Jaboticabal é uma das 40 regionais da Coordenadoria de Defesa Agropecuária, órgão da Secretaria de Agricultura e Abastecimento, responsável pela sanidade animal e vegetal no estado de São Paulo e coordena as ações de defesa em 14 municípios. (Borborema, Cândido Rodrigues, Dobrada, Fernando Prestes, Guariba, Ibitinga, Itápolis, Jaboticabal, Monte Alto, Santa Ernestina, Taiaçu, Taiúva, Taquaritinga e Vista Alegre do Alto).

Estão na área de atuação deste EDA, 2.300 propriedades citrícolas, 21 viveiros de produção de mudas cítricas, três borbulheiras, um campo de plantas matrizes e 70 casas de embalagens. Anualmente são emitidas cerca de 10 mil permissões de trânsito Vegetal (PTVs). Existem ainda 2004 propriedades com um rebanho bovídeo com aproximadamente 90 mil cabeças, 53 granjas avícolas e 12 revendas de produtos veterinários. Anualmente o setor movimenta um total de 11 mil guias de trânsito animal (GTAs) para bovídeos e 2.600 para frango de corte.

Assessoria de Imprensa/Defesa Agropecuária - Tel.: 19 3045.3350 – Teresa Paranhos.