Secretaria de Agricultura e Abastecimento

Coordenadoria de Defesa Agropecuária
Facebook Twitter Youtube Flickr
29/05/2017

Campanha de vacinação contra a febre aftosa termina dia 31 em São Paulo

O criador tem até o dia 31 de maio para vacinar bovinos e bubalinos com idade de um dia a 24 meses contra a febre aftosa no Estado de São Paulo.

Até a manhã desta segunda-feira 29/05 foi informado ao Sistema de Gestão de Defesa Animal e Vegetal (Gedave) da Secretaria de Agricultura e Abastecimento, que é mantido e gerenciado pela Coordenadoria de Defesa Agropecuária a vacinação de 64,4% do rebanho paulista. O total de bovídeos que devem receber a vacinação é de 4,6 milhões de cabeças.

Estão cadastradas no sistema, 114 mil propriedades com registro de bovídeos aptos a serem vacinados. Deste total 49 mil propriedades ainda não realizaram a declaração.

“O criador pode declarar a vacinação por meio da internet até o dia 7 de junho, mas precisa realizar a vacinação até o dia 31 de maio. Isso é importante para que o criador fique em dia com o calendário de vacinação estabelecido pela legislação e seus animais fiquem protegidos”, disse Fernando Buchala, coordenador da Defesa Agropecuária.

Buchala lembrou ainda que o criador deve declarar todo o rebanho bovídeo e não somente os que foram vacinados. Deve declarar também todos os animais de outras espécies existentes na propriedade, tais como: equídeos (equinos, asininos e muares), suideos (suínos, javalis e javaporco), ovinos, caprinos, aves (granjas de aves domésticas, criatórios de avestruzes).

A vacinação contra a febre aftosa é obrigatória. O criador que não vacinar ou não comunicar a vacinação à Defesa Agropecuária sofrerá as seguintes penalidades: multa de 5 Ufesps, ou seja R$ 125,35 por cabeça por deixar de vacinar e 3 Ufesps, ou seja R$ 75,21 por cabeça por deixar de comunicar a vacinação. O valor de cada Ufesp - Unidade Fiscal do Estado de São Paulo é R$ 25,07.

Por Teresa Paranhos

Assessoria de Comunicação

Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo

(19) 3045.3447