Secretaria de Agricultura e Abastecimento

Coordenadoria de Defesa Agropecuária
Facebook Twitter Youtube Flickr
09/06/2017

Secretaria de Agricultura e Abastecimento institui grupo de trabalho contra o greening na 39ª Semana da Citricultura em Cordeirópolis

39ª Semana da Citricultura aconteceu entre os dias 5 e 8 de junho, em paralelo com a 43ª Expocitrus, no município de Cordeirópolis

O secretário de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, Arnaldo Jardim, instituiu um grupo de trabalho de combate ao greening na abertura da 39ª Semana da Citricultura, no Centro de Citricultura Sylvio Moreira, realizado entre os dias 5 e 8 de junho, em paralelo com a 43ª Expocitrus, no município de Cordeirópolis. Durante o evento, foram abordados temas como fitossanidade, nutrição, inovação, economia e política, desafios e novas perspectivas da citricultura brasileira.

O grupo de trabalho envolve profissionais da Secretaria, com a participação do próprio secretário Arnaldo Jardim, Alberto Amorim (Câmaras Setoriais), João Brunelli Júnior (Coordenadoria de Assistência Técnica Integral (Cati), Mário Sérgio Tomazela, da Coordenadoria de Defesa Agropecuária, Marcos Antonio Machado, do Instituto Agronômico (IAC), além de Luis Eduardo Rangel, do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Luis Carlos Ribeiro, do Sindicato Nacional da Indústria de Produtos para Defesa Vegetal (Sindiveg), Diego Fortes (Associação Brasileira de Citros de Mesa), Lourival Carmo Monaco (Fundecitrus) e Hamilton Ferreira de Carvalho Rocha (Gconci).

Para Arnaldo Jardim, a assinatura do contrato de trabalho conjunto para o controle da doença é muito importante para a busca por soluções no combate de pragas e doenças. \"Este conjunto possibilitará a coordenação e o incentivo de ainda mais pesquisas e o desenvolvimento de ações sanitárias de forma mais integrada para que a informação alcance nosso citricultor\", disse.

De acordo com o secretário, o principal foco do trabalho é o controle da doença em áreas sem manejo, na redução das fontes de contaminação e ações de conscientização. \"Recentemente, também adotamos o novo sistema de mitigação para o cancro cítrico, um ato até de ousadia do Estado de São Paulo\", contou. A legislação foi publicada pelo Mapa e estabelece medidas para a comercialização de frutas in natura, tanto no mercado interno como no mercado internacional.

A solenidade de abertura da 39ª Semana da Citricultura também contou com homenagens: o prêmio Gconci “Hall da Fama da Citricultura Brasileira”, o prêmio “Centro de Citricultura” à Associação Brasileira de Citros de Mesa e o prêmio “Engenheiro Agrônomo Destaque da Citricultura” ao Engenheiro Agrônomo Antonio de Goes.

A 39ª Semana da Citricultura foi um grande sucesso do setor citrícola brasileiro, com a presença de mais de cinco mil participantes ao longo de seus quatro dias de programação, além de diversas empresas fornecedoras do setor, viveiristas, extensionistas, pesquisadores, indústria e estudantes.

Por Beatriz Pinheiro