Secretaria de Agricultura e Abastecimento

Coordenadoria de Defesa Agropecuária
Facebook Twitter Youtube Flickr
29/08/2017

Coordenador de Defesa Agropecuária é homenageado por sua atuação em favor da sanidade avícola

O Salão Internacional de Avicultura e Suinocultura (Siavs), realizado em São Paulo até o dia 31 de agosto, homenageou em sua abertura, nesta terça-feira, 29, o titular da Coordenadoria de Defesa Agropecuária da Secretaria de Agricultura e Abastecimento paulista, o médico veterinário Fernando Gomes Buchala. A homenagem foi entregue pelo governador do Estado, Geraldo Alckmin, elogiando o status sanitário do plantel avícola paulista.

“O Brasil é um exemplo para o mundo, é o grande exportador de proteína animal. Quero reafirmar o nosso compromisso com este setor. Nosso País já tem uma excelência em termos de status sanitário e investimos ainda mais através do IB, modernizamos dois laboratórios avícolas, de Descalvado e de Bastos, e também fizemos boas parcerias com o setor privado para investirmos mais em pesquisa e podermos avançar ainda mais”, destacou o governador.

Organizadora do evento, a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) concedeu a Fernando Gomes Buchala sua honraria maior, o “Prêmio Mérito Científico Lauriston Von Schmidt” pela defesa e dedicação no campo técnico em prol da avicultura.

Buchala lembrou que está desde 1994 envolvido com a sanidade avícola “e tivemos a oportunidade de participar de toda a elaboração e execução do Programa de Sanidade Avícola não apenas no Estado de São Paulo, como também no Brasil, que é um sucesso. Hoje temos a grata satisfação de ter o reconhecimento da cadeia produtiva”.

Para o secretário de Agricultura e Abastecimento, Arnaldo Jardim, a homenagem reflete a seriedade da atuação da Secretaria e o compromisso com o produtor rural. “A sanidade é essencial, e nossa Defesa Agropecuária tem uma atuação decisiva para mantermos nosso plantel avícola sem registro de doenças”, ressaltou.

Essa atuação ganhou mais incentivo com a renovação do convênio entre Governo do Estado de São Paulo e a Associação Paulista de Avicultura (APA). Serão repassados à Associação R$ R$ 2.941.479,00 para a realização das atividades em todo o território paulista, garantindo mais alcance à atuação da equipe de 13 veterinários e seis auxiliares. O convênio tem vigência de um ano, podendo ser prorrogado por mais cinco anos.

O trabalho conjunto já é realizado há quase uma década e prevê ações de inspeção, orientação e controle nos planteis avícolas para impedir casos de Influenza Aviária, Doença de Newcastle, Salmoneloses, Micoplasmoses e Laringotraqueíte - todas de controle obrigatório. Um possível caso de uma delas pode acarretar prejuízos milionários à avicultura do Estado – que fica impedida de comercializar seus produtos para os mercados interno e externo (que corresponde a 70% da venda da carne de frango).

Por Hélio Filho