Secretaria de Agricultura e Abastecimento

Coordenadoria de Defesa Agropecuária
Facebook Twitter Youtube Flickr
06/07/2017

Frigorífico em José Bonifácio recebe registro do SISP e volta a operar em abate de bovinos e suínos

O frigorifico José Bonifácio Ltda. recebeu nesta quarta-feira (5), o registro do Sistema de Inspeção de Produtos de Origem Animal (SISP) nº 1567 da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo. Com o registro, cerca de 90 funcionários poderão voltar às atividades, que ficaram paralisadas aguardando o serviço de inspeção, contribuindo para o fortalecimento da pecuária de corte do município de José Bonifácio e para a região de São José do Rio Preto.

O documento permitirá ao estabelecimento a abater 170 bovinos e 190 suínos por dia para a produção de carnes resfriadas e congeladas e ampliará novas oportunidades para o setor produtivo e para os consumidores.

O secretário de Agricultura e Abastecimento, Arnaldo Jardim, ressaltou a qualidade da carne produzida no Estado de São Paulo, mas que para manter essa característica, não pode descuidar da sanidade. “A nossa carne é uma das mais consumidas no mundo. Por isso, é papel da Secretaria fiscalizar estabelecimentos como este, para que daqui saia um produto pronto para o consumo, saudável à população. Zelar pela saudabilidade dos alimentos e apoiar o produtor são orientações do governador Geraldo Alckmin para a Pasta\", afirmou.

Para o secretário, a intensificação das atividades do estabelecimento representa ainda um importante incremento à economia local. \"Ganha também a cidade de José Bonifácio, com maior geração de emprego e renda\", finalizou.

O proprietário do frigorífico, Nelson Pereira ressaltou a importância do registro do SISP, pois o estabelecimento ficou inoperante durante 90 dias sem demitir os funcionários. “Mesmo com a paralisação, nós não demitimos ninguém, pois acreditávamos no trabalho que estava sendo feito. Graças ao apoio da família, superamos essas dificuldades e agora vamos retomar nossas atividades com força total”, afirmou.

De acordo com o coordenador de Defesa Agropecuária, Fernando Gomes Buchala, a equipe atuou em “tempo recorde” para verificar as instalações e emitir a autorização para o estabelecimento operar dentro das normas sanitárias. “Esse é um tradicional frigorifico da região e tem grande importância para a cadeia produtiva de bovinocultura de corte. Colocamos nossa equipe para verificar as instalações e fiscalizar os processos sanitários e conseguimos em menos de quatro meses, emitir o registro para o frigorífico operar no abate”, afirmou.

O registro dos estabelecimentos e dos produtos e subprodutos de origem animal (carne, leite, ovos e mel) para comercialização com o selo SISP no Estado é de competência da Coordenadoria de Defesa Agropecuária, da Secretaria. O Estado de São Paulo conta com 590 estabelecimentos e mais de sete mil produtos registrados com inspeção estadual.

Por Paulo Prendes