Secretaria de Agricultura e Abastecimento

Coordenadoria de Defesa Agropecuária
Facebook Twitter Youtube Flickr
11/12/2017

Fundecitrus completa 40 anos de atuação superando desafios e focando na sustentabilidade

Sustentabilidade, segurança do trabalhador e conquista de maior espaço nos mercados interno e externo serão em 2018 os desafios do Fundo de Defesa da Citricultura (Fundecitrus), que comemorou em Araraquara, na última quinta-feira, 7, seus 40 anos de atuação. O secretário de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, Arnaldo Jardim, representou o governador Geraldo Alckmin no evento e destacou a capacidade de inovação da entidade. A Coordenadoria de Defesa Agropecuária esteve representada pelo coordenador Fernando Gomes Buchala e pelo coordenador-adjunto, Mário Sérgio Tomazela.

Surgido principalmente para estudar alternativas de controle do cancro cítrico, o Fundecitrus se tornou referência de pesquisa e inovação na citricultura, e já traçou seus desafios para o próximo ano: conquista de mais espaço nos mercados nacional e internacional para o suco de laranja, mais segurança ao trabalhador e busca constante pela sustentabilidade.

“Fazer 40 anos nos leva a refletir os caminhos que seguiremos. Nossa missão é enfrentar os desafios e criar novos paradigmas. As demandas crescem e novos conhecimentos são necessários. Por isso quero convidar a todos para que façam do Fundecitrus sua casa”, apontou Lourival Carmo Monaco, presidente da entidade.

Arnaldo Jardim: há muito o que comemorar

“Há muito o que comemorar. O Fundecitrus foi vivenciando os desafios cotidianos. Venceu o desafio da produtividade, apesar do cancro, do greening e de outras questões. É um exemplo de sustentabilidade para o setor”, destacou o secretário, lembrando das parcerias entre o Fundo e a Secretaria, sendo a mais recente delas a campanha “Unidos Contra o Greening”.

“É um parceiro sério e confiável com seus 22 anos de pesquisa desenvolvida em favor de uma citricultura mais forte”, completou Arnaldo Jardim. Atualmente são 10 pesquisadores especializados, 80 projetos de pesquisa em andamento, 10 doenças e pragas estudadas, análise de 600 amostras por semana, 110 profissionais na equipe e 40 entidades parceiras.

Uma atuação que garante parcerias também a nível federal, como reforçou o diretor do Departamento de Negociações Não Tarifárias do Ministério de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Alexandre Pontes. “Estamos extremamente engajados com esta instituição porque sabemos da importância da pesquisa para termos um produto bem-sucedido no mercado. As questões que o Fundecitrus trabalha são muito importantes para isso.”

A comemoração foi marcada ainda pela assinatura de um protocolo de intenção entre Secretaria de Agricultura e Fundecitrus para o desenvolvimento de parcerias junto à Coordenadoria de Defesa Agropecuária.

Por Hélio Filho