Secretaria de Agricultura e Abastecimento

Coordenadoria de Defesa Agropecuária
Facebook Twitter Youtube Flickr
31/07/2017

Secretaria faz série de treinamentos sobre novo sistema de mitigação do cancro cítrico

A Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo capacitará seus técnicos sobre o novo Sistema de Mitigação de Risco (SMR) para o cancro cítrico, com objetivo de zelar pela sanidade no parque citrícola paulista. Esta semana o treinamento será realizado no dia 02 de agosto, a partir das 13 horas no Escritório de Defesa Agropecuária (EDA) de Araraquara.

O objetivo da programação (veja completa abaixo) é multiplicar informações sobre combate ao cancro cítrico como o SMR, o uso de cultivares mais resistentes, manejo, pesquisa e tratamentos fitossanitários. O cancro cítrico causa depreciação do produto, pois afeta o aspecto visual e a qualidade dos frutos, prejudicando a comercialização in natura para o mercado interno, outros Estados e exportação.

O treinamento em Araraquara reunirá técnicos das coordenadorias de Defesa Agropecuária e de Assistência Técnica Integral (Cati) da Pasta de Araraquara, Barretos, Bragança Paulista, Catanduva, Fernandópolis, Franca, General Salgado, Jaboticabal, Jales, Limeira, Lins, Mogi Mirim, Ribeirão Preto, São João da Boa Vista, São José do Rio Preto e Votuporanga. A capacitação continua no dia 9 de agosto, em Campinas.

O novo Sistema de Mitigação de Risco faz parte das mudanças promovidas pela Instrução Normativa (IN) nº 37, publicada no dia 6 de setembro de 2016, pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). Ela estabelece medidas para o controle do cancro cítrico em todo o Brasil, abrindo a possibilidade para Estados com a incidência da praga, como São Paulo, fazerem a mitigação de risco, e adotar novas estratégias de controle.

“Com a adoção desse sistema, os produtores poderão comercializar suas frutas in natura para outros mercados que reconheçam este sistema como medida fitossanitária. Quem não o fizer, poderá continuar produzindo, mas estará colocando em risco a saudabilidade da sua produção e também a de propriedades vizinhas”, afirmou o secretário Arnaldo Jardim.

Programação:

13h – Abertura

13h50 – Sistema de Mitigação de Risco – cancro cítrico – Marlon Peres da Silva/Defesa Agropecuária

14h40 – Cultivares resistentes, manejo e pesquisa – Sérgio Alves de Carvalho/Centro de Citricultura Sylvio Moreira/IAC/Apta

15h30 – Intervalo

15h50 – Manejo e medidas de controle do cancro cítrico, tratamentos fitossanitários – Franklin Behlau/Fundecitrus

16h40 – Debate e perguntas

17h – Encerramento

O EDA de Araraquara fica na Rua 13 de Maio, 1352 - Araraquara – SP.

Por Teresa Paranhos

Assessoria de Comunicação

Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo

19 – 3045.3447