Secretaria de Agricultura e Abastecimento

Coordenadoria de Defesa Agropecuária
Facebook Twitter Youtube Flickr
07/11/2018

Defesa Agropecuária recebe missão de monitoramento do Panaftosa

Com foco na redução da exposição dos sistemas pecuários ao vírus da febre aftosa no Brasil, uma missão do Centro Pan-americano de Febre Aftosa (Panaftosa), do Programa BID-CVP “Programa de Apoio para a Capacitação dos Serviços Veterinários do Cone Sul, para enfrentar a última etapa do Programa Hemisférico de Erradicação da Febre Aftosa (PHEFA)”, acompanhada por representante do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) esteve no Brasil de 23 a 26 de outubro.

O objetivo da visita foi verificar a gestão de risco que o Brasil aplica para reduzir a exposição dos animais susceptíveis a uma eventual liberação de vírus por parte de laboratórios que manipulam vírus, por material contaminado recebido ilegalmente ou através de restos de alimentos de navios ou aviões, procedentes de países não livres, como também avaliar os controles que o serviço veterinário oficial do estado de São Paulo realiza para mitigar o risco de sua propagação, através de movimentação de animais susceptíveis.

A missão era composta por um técnico do Serviço Nacional de Sanidade Agropecuária e Inocuidade dos Alimentos (Senasag), da Bolívia; do Serviço Nacional de Qualidade e Saúde Animal (Senacsa), do Paraguai e um técnico do Panaftosa, o coordenador técnico do Programa e representantes do Mapa. A agenda foi iniciada no dia 23/10 na Superintendência Federal de Agricultura de São Paulo, na Capital, de onde a equipe seguiu para Campinas.

Na sede da Coordenadoria de Defesa Agropecuária, órgão as Secretaria de Agricultura e Abastecimento a equipe foi recebida pelos médicos veterinários Erika Ramos Mello, diretora do Grupo de Defesa Sanitária Animal (GDSA), Luciano Lagatta, diretor do Centro de Defesa Sanitária Animal (Cedesa), Hugo Leonardo Riani Costa, responsável pelo Programa Estadual de Erradicação da Febre Aftosa e Felipe Monteiro Bugni gestor do sistema informatizado Gestão de Defesa Animal e Vegetal (Gedave).

Além das ações de controle de vigilância que são realizadas regularmente para verificar o cumprimento das normativas e o sistema aplicado no controle sobre a movimentação de animais foram realizadas visitas em aterro sanitário no município de Paulínia, na região do Escritório de Defesa Agropecuária (EDA) de Campinas e visita ao processo sanitário em um leilão em município na região do EDA de Mogi Mirim com foco no controle e fiscalização de ventos de concentração de animais.

PANAFTOSA

O Centro Pan-Americano de Febre Aftosa (Panaftosa) é um centro de cooperação técnica da Organização Pan-Americana da Saúde / Organização Mundial da Saúde (OPAS/OMS). Foi criado no ano de 1951 com o propósito de ser o primeiro e o único centro especializado em febre aftosa nas Américas, orientado pela missão de cooperar com os países da região na organização, desenvolvimento e fortalecimento de programas nacionais de prevenção, controle e erradicação da doença.

Por Teresa Paranhos