Secretaria de Agricultura e Abastecimento

Coordenadoria de Defesa Agropecuária
Facebook Twitter Youtube Flickr
15/01/2018

Estado de São Paulo registra novo aumento da vacinação contra a brucelose

Dados do sistema informatizado Gedave, da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, mostram que 93,50% das fêmeas bovídeas (bovinas e bubalinas) do rebanho paulista foram vacinadas contra a brucelose em 2017. Este índice é superior a 2016, que registrou 92,81% de fêmeas vacinadas. Das propriedades cadastradas, 85,66% vacinaram seus animais durante o ano.

O número de fêmeas bovídeas com idade para receber a vacina contra a brucelose foi de 923.620 cabeças e, deste total, 864.074 foram vacinadas. A vacinação contra a brucelose é realizada uma única vez na vida das fêmeas, quando elas estão com idade entre 3 e 8 meses.

“A vacinação contra a brucelose não tem data específica para ocorrer. O criador deve seguir o calendário estabelecido no Estado”, disse o médico veterinário da Secretaria de Agricultura e Abastecimento, Klaus Saldanha Hellwig, que junto à Coordenadoria de Defesa Agropecuária responde pelo Programa Estadual de Controle e Erradicação da Brucelose e da Tuberculose (Pecebt). Fêmeas vacinadas entre dezembro e maio devem ser declaradas no sistema Gedave até 7 de junho, e as vacinadas entre os meses de junho e novembro devem ser informadas até 7 de dezembro.

Outro dado apresentado pelo sistema mostra que houve redução do número de fêmeas bovídeas, com idade entre 3 e 8 meses, envolvidas na campanha durante o ano de 2017. Foram registradas 44.854 cabeças a menos em comparação com o ano anterior, uma redução de 4,63%.

No entanto, se considerado o rebanho bovídeo total do Estado, em 2017 houve um acréscimo da ordem de 70 mil cabeças, um índice 0,63% superior ano anterior. Em 2016 o crescimento do rebanho total do Estado foi mais representativo, com o acréscimo de 700 mil cabeças, ou seja, em 2016 o rebanho total cresceu 6,68%.

Vacinação do segundo semestre

Dados do segundo semestre de 2017 mostram que 93,05% das 402.646 fêmeas existentes no semestre com idade para receber a vacina (entre 3 e 8 meses) foram vacinadas. Do total de propriedades (47.857) com fêmeas nesta faixa etária, 85,37% realizaram a vacinação.

Na relação abaixo estão: o quantitativo de bovídeos existentes no segundo semestre de 2017; o número de animais vacinados; e o índice de imunização em cada regional de Defesa Agropecuária.

EDA de Andradina - 18.055 - 18.032 - 99,87%

EDA de Araçatuba - 13.638 - 13.557 - 99,41%

EDA de Araraquara - 5.107 - 4.176 - 81,77%

EDA de Assis - 8.151 - 7.766 - 95,28%

EDA de Avaré - 9.491 - 8.818 - 92,91%

EDA de Barretos - 4.070 - 3.505 - 86,12%

EDA de Bauru - 12.345 - 11.797 - 95,56%

EDA de Botucatu - 10.223 - 9.327 - 91,24%

EDA de Bragança Paulista - 7.649 - 6.009 - 78,56%

EDA de Campinas - 4.193 - 3.485 - 83,11%

EDA de Catanduva - 3.321 - 3.115 - 93,80%

EDA de Dracena - 15.440 - 15.218 - 98,56%

EDA de Fernandópolis - 9.949 - 9.762 - 98,12%

EDA de Franca - 7.555 - 5.447 - 72,10%

EDA de General Salgado - 15.298 - 14.436 - 94,37%

EDA de Guaratinguetá - 14.411 - 14.336 - 99,48%

EDA de Itapetininga - 11.962 - 10.606 - 88,66%

EDA de Itapeva - 9.879 - 7.815 - 79,11%

EDA de Jaboticabal - 3.257 - 2.955 - 90,73%

EDA de Jales - 15.719 - 15.622 - 99,38%

EDA de Jaú - 4.397 - 4.045 - 91,99%

EDA de Limeira - 4.939 - 4.545 - 92,02%

EDA de Lins - 14.289 - 14.091 - 98,61%

EDA de Marília - 16.002 - 15.881 - 99,24%

EDA de Mogi das Cruzes – 874 – 415 - 47,48%

EDA de Mogi-Mirim - 3.283 - 2.546 - 77,55%

EDA de Orlândia - 2.769 - 2.171 - 78,40%

EDA de Ourinhos - 10.141 - 10.141 - 100,00%

EDA de Pindamonhangaba - 15.157 - 12.913 - 85,19%

EDA de Piracicaba - 6.587 - 5.926 - 89,97%

EDA de Presidente Prudente - 25.972 - 23.358 - 89,94%

EDA de Presidente Venceslau - 28.227 - 26.696 - 94,58%

EDA de Registro - 6.398 - 5.910 - 92,37%

EDA de Ribeirão Preto - 5.161 - 4.236 - 82,08%

EDA de São João da Boa Vista - 13.188 - 12.992 - 98,51%

EDA de São José do Rio Preto - 15.272 - 12.998 - 85,11%

EDA de São Paulo – 200 – 122 - 61,00%

EDA de Sorocaba - 6.112 - 6.075 - 99,39%

EDA de Tupã - 14.428 - 14.346 - 99,43%

EDA de Votuporanga - 9.537 - 9.469 - 99,29%

TOTAL DO ESTADO - 402.646 - 374.660 - 93,05%

Por Teresa Paranhos

Secretaria de Agricultura e Abastecimento

Coordenadoria de Defesa Agropecuária

Telefone: (19) 3045.3350