Facebook Twitter Youtube Flickr
12/09/2019

Médicos veterinários da Secretaria são treinados para emergência sanitária na suspeita da Influenza Aviária e Newcastle

Os médicos veterinários do serviço veterinário oficial da Secretaria de Agricultura e Abastecimento, que atuam junto à Coordenadoria de Defesa Agropecuária e do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) participam, em Campinas, até a sexta-feira, 13 de treinamento para o atendimento a suspeita de síndrome respiratória/neurológica das Aves (SRN).

O objetivo da capacitação “é desenvolver nos médicos veterinários do serviço oficial as habilidades e as competências necessárias para conhecimento, identificação ou prevenção de qualquer suspeita de doenças de notificação imediata, preparando-os para o uso dos programas oficiais de defesa sanitária animal, na ocasião de alguma emergência sanitária que possa vir a ocorrer, especialmente a influenza aviária e ou enfermidade de Newcastle”, disse o médico veterinário da Secretaria Luciano Lagatta, que junto à Coordenadoria dirige o Centro de Defesa Sanitária Animal.

Além do atendimento às suspeitas, esses profissionais irão atuar na prevenção, combate e erradicação das enfermidades emergenciais; organizar as ações de vigilância e de defesa sanitária dos animais na ocorrência; estimular a participação da comunidade nas ações; atuar no conjunto de ações sanitárias, para impedir a disseminação e promover a erradicação de um possível foco no tempo mais curto possível e com um menor custo.

O treinamento contempla informações técnicas teóricas, atualizações sobre as doenças no mundo e habilidades práticas para atendimento a ocorrência, envolvendo a colheita de amostras, necropsia e preenchimentos de formulários.

Participam do treinamento 51 médicos veterinários.

Por Teresa Paranhos