Facebook Twitter Youtube Flickr
05/08/2019

Parceria com a Segurança Pública fortalece relações da Secretaria em ações de vigilância sanitária e combate a pragas e doenças

Equipes da Secretaria de Agricultura e Abastecimento que atuam junto à Coordenadoria de Defesa Agropecuária realizaram no dia 26 de julho, das 7 às 10 horas, três frentes de fiscalizações de trânsito rodoviário no estado de São Paulo.

A ação, coordenada pelo alto comando da Secretaria de Segurança Pública resultou na aproximação institucional com a Polícia Militar do estado de São Paulo, sobretudo da Policia Militar Rodoviária, que forneceu autoridade e segurança para as abordagens dos cidadãos e veículos transportadores.

As fiscalizações foram realizadas simultaneamente e envolveram equipes composta por médicos veterinários, engenheiros agrônomos e técnicos de apoio agropecuário dos Escritórios de Defesa Agropecuária (EDAs) de Araraquara, Ribeirão Preto e Jaboticabal. Foram realizadas na base da Policia Militar Rodoviária de Araraquara, às margens da Rodovia Washington Luís, km 276 + 400 metros, na base operacional da Polícia Militar Rodoviária - Rodovia Abrão Assed, km 4 , município de Cajuru e na base da Polícia Rodoviária de Jaboticabal, na Rodovia Brigadeiro Faria Lima, km 337 + 220 metros.

O objetivo da operação foram as atividades de fiscalização do trânsito de produtos de origem vegetal, cargas vivas e produtos e insumos de origem animal. Após serem abordados pelo policiamento, os veículos foram devidamente fiscalizados, com conferência documental de origem e destino, quantidade de produtos, observação dos rótulos e condições da temperatura do transporte.

A equipe de Araraquara fiscalizou 27 veículos transportadores, sendo que 4 transportavam produtos de origem vegetal e outros 7 produtos de origem animal, os demais 16 caminhões baús estavam vazios ou transportavam produtos não objeto da fiscalização. As cargas inspecionadas foram de hortaliças, melancia, laranja e limão, produtos de carne de frango congelados, derivados lácteos (iogurtes), carne bovina e embutidos cárneos (linguiças). “A fiscalização não resultou em autuação ou apreensão de produtos, pois os veículos e transportadores estavam em conformidade com as exigências sanitárias exigidas pela Coordenadoria de Defesa Agropecuária”, disse o médico veterinário Artur Luiz de Almeida Felicio, diretor do EDA de Araraquara.

A equipe de Ribeirão Preto fiscalizou 28 veículos, sendo que em 5 continham produtos de origem animal, 3 produtos de origem vegetal e 1 para transporte de animais porém vazio. Um veículo transportando produtos de origem animal teve o lacre da empresa na porta da carroceria rompido para efeito de vistoria, sendo substituído por um lacre do serviço veterinário oficial. Nenhuma irregularidade foi constatada e nenhum auto de infração foi emitido. A equipe de Jaboticabal, fiscalizou 31 veículos, sendo 8 com produtos agrícolas. Não encontradas irregularidade, nem autuações.

O trabalho conjunto entre as Secretarias da Segurança Pública e Agricultura e Abastecimento é fundamental nas ações desenvolvidas pela Coordenadoria de Defesa Agropecuária na proteção da sanidade dos rebanhos e culturas do estado de São Paulo e proteção à saúde da população.

Por Teresa Paranhos