Facebook Twitter Youtube Flickr
01/12/2020

Secretaria participa de ação com a Polícia Militar na apreensão de defensivos falsificados em Ribeirão Preto

Uma ação da Polícia Militar Estadual com a participação de engenheiros agrônomos da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do estado de São Paulo, que atuam junto ao Escritório de Defesa Agropecuária de Ribeirão Preto culminou na apreensão, nesta terça-feira, 1º de dezembro, de 4 mil litros de defensivos agrícolas falsificados.

No local, um barracão localizado dentro da região urbana do município de Ribeirão Preto, foi encontrado um esquema com equipamentos simples, mas que evidenciavam a diluição de produtos para fracionamento, além de 800 bombonas de 5 litros, produtos químicos não identificados e rótulos impressos.

“Para a comercialização de defensivos agrícolas no estado de São Paulo é necessário que tanto o produto como o estabelecimento sejam registrados junto à Coordenadoria de Defesa Agropecuária. A venda ao consumidor está vinculada ao receituário agronômico, o que garante que o produto e a dosagem sejam específicos para a finalidade a que se destina, respeitando sempre o período de carência estabelecido pelo fabricante”, disse o engenheiro agrônomo Fausto Antonio Kujavo, que junto ao engenheiro agrônomo Edilson José Cavallini, participou da ação.

A Defesa Agropecuária atua em todo o Estado na fiscalização do comércio e do uso dos defensivos agrícolas com vistas à proteção da saúde do consumidor e do meio ambiente. O produtor rural deve sempre adquirir produtos em estabelecimentos idôneos e registrados.

O uso de produtos de origem desconhecida pode prejudicar a lavoura, não atender o objetivo proposto e comprometer a saúde do aplicador e do consumidor.

Por Teresa Paranhos