Secretaria de Agricultura e Abastecimento

Coordenadoria de Defesa Agropecuária
Facebook Twitter Youtube Flickr
06/08/2021

Cadastro de Apicultores é tema de reunião realizada na região de Bragança Paulista

A ação conjunta da Defesa Agropecuária com a Prefeitura Municipal de Bragança Paulista busca promover o crescimento e o fortalecimento da cadeia apícola da região

Representantes do Programa Estadual de Sanidade das Abelhas do Estado de São Paulo, as médicas veterinárias Maria Carolina Guido e Renata Sordi Taveira participaram, na quinta feira, 5 de agosto, no Parque Fernando Costa, no município de Bragança Paulista de reunião com o médico veterinário Leandro Ratte de Oliveira, responsável pelo Serviço de Inspeção Municipal e 17 apicultores - cerca de 2/3 dos associados da Associação de Apicultores da Região Bragantina.

A reunião contou com a presença do Secretário Municipal de Desenvolvimento dos Agronegócios, Aniz Abib Júnior, que agradeceu a presença das representantes da Secretaria de Agricultura e Abastecimento para realizar a orientação e esclarecimentos aos apicultores da região e se colocou a disposição para auxiliar na regularização dos produtores.

“Nosso objetivo foi informar aos apicultores sobre a importância e a obrigatoriedade do cadastro junto ao órgão de Defesa estadual, de qualquer produtor que forneça mel e outros produtos apícolas para estabelecimentos de beneficiamento desses produtos”, disse Maria Carolina.

Foi realizada orientação sobre os procedimentos e documentos necessários para realização do cadastro no sistema Gestão de Defesa Animal e Vegetal (Gedave). “Vale ressaltar que o cadastramento, além de obrigatório, é necessário para garantir a rastreabilidade dos produtos, a identificação e mapeamento do número de produtores e colmeias do Estado e o controle de doenças e pragas das colmeias”, disse Renata Sordi Taveira.

O médico veterinário Leandro Ratte informou que os apicultores sem cadastro junto ao órgão de Defesa Agropecuária Estadual não poderão mais entregar seus produtos na Central de Processamento de Mel, que possui registro no Serviço de Inspeção Municipal (SIM).

Por Teresa Paranhos