Secretaria de Agricultura e Abastecimento

Coordenadoria de Defesa Agropecuária
Facebook Twitter Youtube Flickr
15/03/2021

Charque, jerked beef e carne de sol são abordados em curso inédito do Ital, que tem chef Rodrigo Oliveira na programação

Defesa Agropecuária, outro órgão da Agricultura de SP, Mapa e Associação Nacional das Indústrias de Carne Seca também integram capacitação

Com 250 mil toneladas de produção e R$ 3,5 bilhões de faturamento por ano, gerando 7,5 mil empregos diretos e 10 mil empregos indiretos, segundo os últimos dados divulgados pela Associação Nacional das Indústrias de Carne Seca (Anics), o charque, o jerked beef e a carne de sol são considerados produtos cárneos típicos do mercado brasileiro e, por isso, serão abordados em curso on-line inédito do Instituto de Tecnologia de Alimentos (Ital), da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, que será realizado em 7 e 8 de abril – inscreva-se em: https://ital.agricultura.sp.gov.br/arquivos/ctc/eventos/2021/01-processos-tecnologicos/

Sob coordenação do Centro de Tecnologia de Carnes (CTC) do Ital, com 16 horas de conteúdo, a capacitação abrange desde a importância econômica, detalhada pelo presidente da Anics, Rodrigo Vogel, até a presença desses produtos cárneos na gastronomia, abordada pelo chef Rodrigo Oliveira, do Restaurante Mocotó, considerado Homem do Ano pela GQ Magazine e Chef do Ano pela revista Prazeres da Mesa, além de ser o único cozinheiro listado entre os 100 brasileiros mais influentes da Revista Época. Seu restaurante, Mocotó, é reconhecido como Bib Gourmand pelo Guia Michelin e considerado o 33º melhor da América Latina pela revista britânica The Restaurant em 2020 e melhor do mundo na categoria Sem Reservas do World Restaurant Awards em 2019.

Também serão abordados os aspectos legais relacionados à inspeção sanitária e regulatórios referentes aos padrões de identidade e qualidade, abordados respectivamente por representantes da Coordenadoria de Defesa Agropecuária (CDA), órgão da Agricultura de SP, e do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). Já a equipe técnica do Ital tratará sobre estabilidade físico-química e sensorial, aspectos microbiológicos de qualidade e segurança e análises físico-químicas dos produtos. Representantes de empresas abordarão processos de fabricação e embalagens, além de tendências e inovação.

“Trata-se de uma oportunidade de adquirir conhecimento técnico e científico, visando a evolução do mercado, em termos de qualidade e segurança para esses produtos, que tem um potencial de expansão nacional e internacional”, ressalta Manuel Pinto Neto, pesquisador do CTC e coordenador do curso junto com o pesquisador José Ricardo Gonçalves, que vê como grande diferencial a multidisciplinaridade dos profissionais que integram a programação. “Governo, empresas e entidades setoriais precisam estar alinhados para tornar o setor forte e seus produtos cada vez mais acessíveis, sem deixar de lado questões essenciais como qualidade, segurança e sustentabilidade.”

Outros eventos

Ao longo de 2021, estão previstas 44 atividades no calendário de eventos do Ital (https://ital.agricultura.sp.gov.br/eventos) , sendo cinco do CTC. Além da capacitação de abril, a unidade especializada em carnes e produtos cárneos realizará o “Webinar Internacional sobre Extratos Vegetais como Ingredientes em Cura Natural em Produtos Cárneos”, em 26 de maio, e os cursos “Processamento de Produtos de Pescado a Base de Carne Mecanicamente Separada (CMS)”, em 25 e 26 de agosto, “Processos Tecnológicos II - Presunto Cozido, Cortes Temperados e Rosbife”, de 15 a 17 de setembro, e “Segurança e Estabilidade de Carnes e Produtos Cárneos”, em 1º e 2 de dezembro.

Sobre o Ital

Localizado em Campinas/SP, o Instituto de Tecnologia de Alimentos (Ital) realiza pesquisa, desenvolvimento, assistência tecnológica e difusão do conhecimento nas áreas de embalagem e de processamento, conservação e segurança de alimentos e bebidas.

Fundado em 1963, vinculado à Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (Apta) da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado, o Ital possui unidades técnicas especializadas em carnes, produtos de panificação, cereais, chocolates, balas, confeitos, laticínios, frutas, hortaliças e embalagens, sendo certificado na ISO 9001 com parte dos ensaios acreditados na ISO/IEC 17025.

Por meio do Centro de Inovação em Proteína Vegetal, do Núcleo de Inovação Tecnológica e da Plataforma de Inovação Tecnológica, o Ital estimula alianças estratégicas para inovação e projetos de cooperação. Possui ainda Programa de Pós-Graduação aprovado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes).

Outras informações estão disponíveis no site http://www.ital.agricultura.sp.gov.br.