Secretaria de Agricultura e Abastecimento

Coordenadoria de Defesa Agropecuária
Facebook Twitter Youtube Flickr
19/08/2021

Comissão de Educação Sanitária de São Paulo conquista o segundo lugar do Prêmio Pecuária Saudável, na categoria Instituição Pública

Defesa Agropecuária, CDRS/Cati e IEA fazem parte da Comissão de Educação Sanitária de São Paulo

Foram anunciados na última sexta-feira (13) os vencedores das três categorias do \\\"Prêmio Pecuária Saudável - Educação e Comunicação para Defesa Sanitária\\\". O anúncio, em função da pandemia da Covid-19, ocorreu de forma online e os vencedores de cada categoria receberão certificado de premiação e um tablete. Concorreram ao prêmio 49 projetos de instituições públicas, privadas e do terceiro setor.

A iniciativa é da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), com o apoio do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e do Conselho Federal de Medicina Veterinária (CFMV), que reconhece, premia e dissemina as boas práticas organizacionais e profissionais voltadas à educação e comunicação social em apoio às ações de defesa sanitária animal.

O segundo lugar na categoria instituição pública foi conquistado pela \\\"Comissão de Educação Sanitária (CES), da Superintendência Federal de Agricultura de São Paulo (SFA-SP), que promove capacitação, promoção e execução de projetos destinados focados no fortalecimento da educação sanitária para os mais diversos públicos do agro. A Coordenadoria de Defesa Agropecuária (CDA) e a Coordenadoria de Desenvolvimento Rural Sustentável (CDRS/Cati), órgãos da Secretaria de Agricultura e Abastecimento (SAA) do estado de São Paulo fazem parte da CES desde a sua criação em 2010. O primeiro lugar na categoria foi concedido ao Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal do Espírito Santo (Idaf-ES) e o terceiro lugar à Secretaria de Estado da Agricultura e da Pesca do Governo de Santa Catarina.

Na categoria instituição privada, o primeiro lugar foi para o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural do Mato Grosso do Sul, o segundo lugar com o Fundo de Desenvolvimento e Defesa Sanitária Animal do Rio Grande do Sul (Fundesa) e o terceiro lugar com a UniNordeste Caucaia (Ceará). Na categoria terceiro setor o vencedor foi Instituto Catarinense de Sanidade Agropecuária (Icasa).

Comissão de Educação Sanitária

A comissão de Educação Sanitária atua em iniciativas para a prevenção de problemas sanitários no estado de São Paulo, por meio de palestras, encontros e publicações que orientam produtores rurais a evitar problemas sanitários graves nas propriedades. A ação mais recente foi o lançamento de uma publicação para orientar produtores a adotar boas práticas no uso de produtos veterinários. Com as dicas repassadas, eles evitam a resistência a medicamentos e a presença de resíduos químicos em alimentos.

Legislação

Com o objetivo de desenvolver as ações de comunicação e educação em saúde única no estado de São Paulo, a Superintendência Federal de Agricultura (SFA-SP), com a participação da Coordenadoria de Defesa Agropecuária e a Coordenadoria de Desenvolvimento Rural Sustentável (CDRS/Cati), órgãos da SAA e a Federação da Agricultura e Pecuária no Estado de São Paulo (Faesp) constituiu em 03 de novembro de 2010 a Comissão Estadual de Educação Sanitária em Defesa Agropecuária (CESESP). Hoje diversas instituições fazem parte da Comissão. Apesar das atividades ocorrerem desde 2010, ela foi oficializada somente em 2017 com a publicação da Portaria SFA-SP 0241, de 31 de agosto de 2017 (https://www.gov.br/agricultura/pt-br/assuntos/sustentabilidade/cesesp/arquivos/PORT241CESESP.pdf). Destituída por força do Decreto Federal 9.759, de 11 de abril de 2019, a Comissão foi novamente instituída com a publicação da Portaria 177, de 19 de maio de 2020 (https://www.gov.br/agricultura/pt-br/assuntos/sustentabilidade/cesesp/arquivos/PORT.177__PUBLICADA_NO_DOU_DE_28_MAIO_20___SECAO_11.pdf), com o nome de Comissão de Educação Sanitária.

Por Teresa Paranhos