Secretaria de Agricultura e Abastecimento

Coordenadoria de Defesa Agropecuária


Facebook Twitter Youtube Flickr
01/12/2021

Regulamentação da Lei dos Produtos Artesanais de Origem Animal é debatida em reunião no IAC

Atualizado em 01/12/2021 às 00h00

Regulamentação da Lei dos Produtos Artesanais de Origem Animal é debatida em reunião no IAC

Representando o secretário de Agricultura e Abastecimento de São Paulo, Itamar Borges, o secretário-executivo da pasta, Francisco Matturro, esteve em reunião para debater com o corpo técnico da SAA e produtores, a regulamentação da Lei nº 17.453, de 18 de novembro de 2021(Lei dos Produtos Artesanais de Origem Animal do Estado de São Paulo) que dispõe sobre a manipulação e o beneficiamento de produtos de origem animal sob a forma artesanal.

A reunião aconteceu nesta terça-feira, dia 30, no Instituto Agronômico (IAC), em Campinas, e foi acompanhada pelo coordenador técnico da SAA, Orlando Melo de Castro, e pelos assessores técnicos, Alberto Amorim e Ariel Mendes.

\"Essa gestão do secretário Itamar Borges não faz nada sem antes ouvir o setor produtivo. Esta reunião de hoje é prova disso\", falou o secretário-executivo da SAA.

Os produtores estiveram representados pelo presidente da Associação Paulista do Queijo Artesanal (APQA), Christophe Faraud, pela representante dos Arranjos Produtivos Locais do Mel, Vanilda Santos, pelo vice-presidente da Apac (Associação Paulista de Charcutaria Artesanal) Marcelo Drummond, com a presença do assessor técnico da Faesp, Thiago Rocha, e do Sebrae-SP, Guilherme Santos.

Segundo Adriana Verdi, da assessoria da APTA, a reunião foi mais um passo importante da Secretaria para a formalização dos produtores e para a ampliação de mercado.

\"A formalização dos produtores artesanais significa acesso às políticas públicas, maior geração de emprego e renda, além de desenvolvimento territorial. Com a regulamentação da Lei também vamos atender às boas práticas de produção e de saudabilidade dos alimentos artesanais de origem animal\", disse Verdi.

Também participaram da reunião: William Correa, coordenador substituto da Defesa Agropecuária (CDA); Bruno Ruffolo, Diretor do Centro de Inspeção de Produtos de Origem Animal da CDA; Daniel Gomes, diretor da Apta Regional; Aníbal Eugênio, diretor do Centro de genética e reprodução do Instituto de Zootecnia; Diego Barrozo, diretor técnico do EDR de Mogi Mirim; Beatriz Pazinato, diretora da Divisão de Extensão Rural da CATI-CDRS; Thiago Braga, assistente de planejamento da Defesa Agropecuária.

x