Secretaria de Agricultura e Abastecimento

Coordenadoria de Defesa Agropecuária
Facebook Twitter Youtube Flickr
18/03/2021

Secretaria de Agricultura e Abastecimento de SP realiza lives em comemoração ao Dia Mundial da Água

Eventos nos dias 22 e 23/3 reunirão profissionais da Pasta que atuam nas áreas de extensão rural e de pesquisa

Ao difundir conhecimento e tecnologia, apoiar os produtores rurais na adoção de Boas Práticas Agropecuárias, bem como executar projetos, programas e políticas públicas, a Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo faz a diferença no meio rural e na preservação dos recursos hídricos.

Um dia específico para celebrar a água, o dia 22 de março, se tornou um marco estabelecido pela Organização das Nações Unidas (ONU) durante a ECO 92 - Conferência do Meio Ambiente realizada no Rio de Janeiro -, junto com a Declaração Universal dos Direitos da Água, pois tem como objetivo promover reflexões e ações para balizar e somar esforços globais em prol desse elemento vital.

Por meio da Coordenadoria de Desenvolvimento Rural Sustentável (CDRS), a Secretaria realizará dois eventos online em comemoração ao Dia Mundial da Água para debater a importância da preservação deste recurso, com transmissão on-line pelo canal youtube.com/c/CDRSagricultura.

No dia 22 de março será realizada a Live – Recursos Hídricos na Região Metropolitana de São Paulo, com início às 10h.

No dia 23 de março, será realizado, às 14 horas, o Workshop \"A Cidade e a Água\" - produtores rurais, técnicos extensionistas e pesquisadores mobilizados e unidos em benefício da conservação da água. As inscrições devem ser feitas via https://forms.gle/TYQhHUEJGr2BuetM7.

Palestrante em ambos os eventos, Afonso Peche, pesquisador do Instituto Agronômico (IAC), da Secretaria de Agricultura e Abastecimento, informa que as lives focarão diretrizes técnicas para gestão de bacias hidrográficas, com ênfase na transferência de conhecimento relativo às práticas para recuperação e revitalização ambiental de nascentes e córregos.

“Outro ponto será uma análise dos desafios que os municípios têm na formulação de políticas públicas relacionadas com a gestão da malha hidrográfica de seu território. Usaremos o espaço para apresentar diretrizes para subsidiar atividades de Ater (Assistência Técnica e Extensão Rural) no âmbito do território municipal, bem como diretrizes para gestão hidrológica em áreas cobertas pelas diferentes cadeias de produção agrícola”, afirmou Peche.