Secretaria de Agricultura e Abastecimento

Coordenadoria de Defesa Agropecuária
Facebook Twitter Youtube Flickr
23/03/2021

Secretaria de Agricultura e Abastecimento reforça medidas de biossegurança contra a Covid-19 junto à população rural

Com o recrudescimento da pandemia, novas cepas em circulação, escalada no número de mortos e hospitais com risco de total colapso, o Governo do Estado de São Paulo tomou medidas mais restritivas. E a Secretaria de Agricultura e Abastecimento, visando relembrar as regras de segurança, que podem vir a garantir a saúde dos produtores rurais, que exercem atividade considerada essencial e têm permitido a manutenção do abastecimento de alimentos de forma regular, renova as medidas de segurança ‒ reeditando a série de audioboletins sobre biossegurança feita ainda no ano passado ‒ as quais vão desde medidas gerais, como a lavagem das mãos e o uso de máscaras, até outras voltadas especificamente a algumas das principais cadeias produtivas como fruticultura, olericultura, leite, cafeicultura.

“Os produtores rurais que vivem nas propriedades, de certa forma, já mantinham um maior distanciamento social e as medidas foram no sentido de como receber fornecedores e como entregar e comercializar seus produtos. Porém essas medidas, na atual fase, precisam ser mais rigorosas devido à circulação das novas cepas que têm um maior grau de contaminação e agem de forma mais rápida, atingindo não apenas a população de mais idade, mas também jovens. Simples reuniões em família, que porventura poderiam parecer inofensivas, têm causado grande contaminação entre os próprios familiares, atingindo de forma generalizada a toda a família, seja nas cidades ou no campo”, alerta o coordenador da Coordenadoria de Desenvolvimento Rural Sustentável, engenheiro agrônomo José Luiz Fontes, a exemplo de notícias que vêm sendo circuladas por outros estados da União.

Dessa forma, vale sempre lembrar, lavar as mãos com maior frequência ‒ todas as vezes que manipular ferramentas, utensílios, automóveis ‒, nunca é demais. O uso de máscara é primordial e deve ser feito de maneira correta, cobrindo nariz e boca, sem deixar vãos livres e a troca dessas máscaras a cada duas horas de uso, além do distanciamento, de 1,5m a 2m entre as pessoas são as medidas mais eficazes recomendadas em todos os canais de comunicação e nunca é demais serem lembradas e relembradas no intuito de salvar vidas.

“O Governo do Estado não tem poupado esforços nesse sentido de conscientizar a população e propor medidas de distanciamento e isolamento social, que são indispensáveis para o controle da pandemia. Os médicos têm feito apelos à população e a Secretaria de Agricultura também aproveita este momento para também fazer a sua parte no apelo aos produtores rurais que atentem para essas medidas, com o objetivo de que todos, de cada um dos 645 municípios paulistas, possam ultrapassar essa fase extremamente difícil também para as famílias rurais”, frisa o coordenador.

Toda a série, com 15 audioboletins, intitulada “Prevenção ao Novo Coronavírus no Campo”, lançada em agosto de 2020 e ainda muito atual, pode ser ouvida acessando o link: https://open.spotify.com/playlist/0Kl1WJ2fRodyvFCxNFk8UU?si=b6855827b6fe40aa

Ouça também o Boletim atual com informes da Secretaria de Agricultura e Abastecimento pelo link: Spotify: https://open.spotify.com/episode/6GfWTMlo25HxebASbV19nL?si=cqoYBB-PT0-0llKbapOC7A&nd=1

Soundcloud: https://soundcloud.com/user-326872100-410422792/saa-medidas-de-seguranca-covid