Secretaria de Agricultura e Abastecimento

Coordenadoria de Defesa Agropecuária
Facebook Twitter Youtube Flickr
11/05/2022

Defesa Agropecuária de São Paulo interdita estabelecimento clandestino após denúncia anônima

Atualizado em 12/05/2022 às 16h35

Através de denúncia anônima feita na Ouvidoria da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, médicos-veterinários estiveram na última segunda-feira (9) em um estabelecimento clandestino no município de Santa Fé do Sul onde constataram estoque de pescados impróprios para o consumo humano.

No local, onde a piscicultura cadastrada contava com 200 tanques rede de tilápia, foi averiguado que o estabelecimento de abate não era cadastrado em nenhum serviço de inspeção, o que automaticamente enquadra a atividade como clandestina. De acordo com Ieda Blanco, gerente do Programa Estadual de Sanidade de Animais Aquáticos (PESAAq), o estabelecimento foi interditado.

Além da gerente, estavam presentes na ação João Gustavo e Luiz Henrique Barrochelo, acompanhados dos técnicos Claudomiro Ramos e Franque Reinaldo Ferreira.

“Através desse tipo de ação é que a Defesa consegue impedir que todo esse pescado, no caso, que não tinha o menor controle sanitário de produção, que não cumpria regras de processamento higiênico, chegasse à população e causasse doenças. Além de assegurarmos a atividade dos produtores que atuam dentro da legislação”, completa.

O caso, que se enquadra como crime contra relações de consumo, crime contra a saúde pública e crime contra o meio ambiente, deve ser denunciado através do canal da Ouvidoria da SAA que pode ser acessado no endereço https://www.agricultura.sp.gov.br/pt/ouvidoria.

Por Felipe Nunes

x