Facebook Twitter Youtube Flickr
31/03/2023

Exportação - Treinamento capacita agrônomos para identificação e monitoramento de praga em Abacate

Atualizado em 31/03/2023 às 13h38

Treinamento contou com atividades em campo

A fim de capacitar agentes fiscalizadores e funcionários da iniciativa privada a respeito da “broca do abacate” (Stenoma catenifer), restrição fitossanitária para a comercialização da fruta para os Estados Unidos, a Coordenadoria de Defesa Agropecuária (CDA) da Secretaria de Agricultura e Abastecimento (SAA) realizou em março, treinamento teórico/prático para futuro monitoramento da praga nas áreas de produção/tampão. A atividade visa o reconhecimento do status de Local Livre da Praga (LLP) objetivando a abertura do mercado americano para o abacate “Hass”.

Dra. Camila Amaral foi uma das palestrantes

Na ocasião, palestraram aos participantes a engenheira agrônoma, Dra. Camila Amaral e o engenheiro agrônomo Dr. Aloisio Costa Sampaio, da Universidade Estadual Paulista (UNESP) de Botucatu. Foram apresentados os critérios de Certificação Fitossanitária de Origem e Reconhecimento de LLP, além das informações sobre a fisiologia e morfologia da praga. A parte prática foi realizada a partir de dinâmica em campo sobre monitoramento e coleta de amostras.

Professor Aloisio Costa Sampaio da UNESP também palestrou

“O treinamento tem como um de seus objetivos cumprir um dos requisitos previstos no plano de trabalho bilateral, que é a capacitação dos agentes fiscalizadores dos órgãos estaduais de defesa sanitária vegetal (OEDSV) e de responsáveis técnicos para identificação e contingência da praga, que é classificada como praga quarentenária ausente para os Estados Unidos, local em que a comercialização de frutos de abacate só pode ser feita de lugares/locais com status reconhecido como livre da praga, conforme previsto em Norma Internacional de Medida Fitossanitária (NIMF) e da Convenção Internacional de Proteção Vegetal (CIPV)”, explica Cristina lost, engenheira agrônoma e gerente de Certificação e Exportação da CDA.

Por Comunicação CDA

x