Facebook Twitter Youtube Flickr
12/04/2023

Gestão - Em 100 primeiros dias do governo de Tarcísio de Freitas, Defesa Agropecuária destaca ações nas áreas animal e vegetal

Atualizado em 12/04/2023 às 22h16

Ações de destaque nas áreas animal e vegetal já foram realizadas nos 100 primeiros dias de governo

Na semana em que o Governo de São Paulo anuncia diversas ações realizadas nos 100 primeiros dias da gestão do governador Tarcísio de Freitas, a Coordenadoria de Defesa Agropecuária (CDA) da Secretaria de Agricultura e Abastecimento (SAA) destaca suas principais realizações no sentido de continuar atuando para garantir a sanidade animal e vegetal nos rebanhos e culturas paulistas, além de modernizações para facilitar os processos para o produtor.

“São ações que visam modernizar e desburocratizar a vida do produtor rural que é com quem a gente mais conversa. São atualizações em legislações e diversas ações nas áreas animal e vegetal”, comenta Luís Fernando Bianco, coordenador da CDA.

Para o diálogo virtual cada vez mais ágil, o site da CDA, www.defesa.agricultura.sp.gov.br é uma das ferramentas que estão passando por modificações para uma navegação mais fluída e direcionada. Ainda no âmbito virtual, a criação de um hotsite para abordar a problemática do Javali será lançado em breve.

No arcabouço de leis, alteração de importantes portarias para a facilitação de cadastros e registros para produtores de mudas, além do encaminhamento de minutas de revisões e atualizações para modernizar as legislações estaduais de Defesa Agropecuária.

Na área animal, destacam-se a proposta em andamento, de fortalecimento do Serviço de Inspeção de São Paulo (SISP), além de um ciclo de palestras em pontos estratégicos do Estado para responsáveis técnicos de estabelecimentos registrados realizado pelo Centro de Inspeção de Produtos de Origem Animal (CIPOA); a disponibilização de sistema para identificação de equídeos, o que permite a emissão da Guia de Trânsito Animal (GTA) pelo produtor e conclusão de treinamentos para laboratórios e responsáveis técnicos.

De olho no que acontece no mundo, a Defesa Agropecuária está capacitando todo seu corpo técnico para prevenção e combate à Influenza Aviária, além de ações educacionais junto ao setor produtivo. Junto disso, nos 100 primeiros dias de 2023, houve a aquisição de insumos para as áreas técnicas da CDA, inclusive para o Programa Estadual de Sanidade Avícola (PESA) para o combate à doença de alta patogenicidade.

Contratações de análises laboratoriais já foram efetuadas e estão em andamento as contratações de motoristas e novos veículos, além do início das obras da Inspetoria de Defesa Agropecuária (IDA) de Barretos.

Encerrando os 100 dias, a área vegetal passou por auditoria do Ministério da Agricultura e Pecuária (MAPA) no final de março, onde foi verificada a situação do Estado em relação à adoção do status fitossanitário de área sob Sistema de Mitigação de Riscos (SMR) para o Cancro Cítrico.

O relatório preliminar da “AudiFito” deve ficar pronto em até 60 dias e a CDA tem mais 30 dias para apresentar comentários. Para um eventual plano de ações corretivas, caso haja necessidade, o prazo para apresentação é até 22 de junho. O relatório final está previsto para ser divulgado em 7 de julho.

“São anúncios importantes que vêm na direção dos objetivos dos 100 dias de governo que visam a desburocratização e modernização das atividades de Defesa Agropecuária”, comenta Bianco.

Por Felipe Nunes

x