Secretaria de Agricultura e Abastecimento

Coordenadoria de Defesa Agropecuária
Facebook Twitter Youtube Flickr
11/05/2007

Defesa Agropecuária treina corpo técnico do Gease.

Com o objetivo de promover a capacitação dos médicos veterinários da Coordenadoria de Defesa Agropecuária que constituem o Grupo Especial de Atenção a Suspeita de Enfermidades Especiais (Gease), está sendo realizado na região de São José do Rio Preto, o treinamento simulado de atendimento em doenças emergenciais em aves, buscando atender as recomendações do Ministério de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) para a adesão ao Plano Nacional de Prevenção da Influenza Aviária e de Controle e Prevenção da Doença de Newcastle.

Esse treinamento visa atender requisitos da Instrução Normativa SDA 17, de 07/04/06 e do Ofício Circular DSA 137/06 do MAPA, para a adesão voluntária ao Plano. Segundo Anselmo Lucchese Filho, coordenador da Defesa Agropecuária. “O Estado vem se preparando há algum tempo para pleitear junto ao Ministério a auditoria no seu sistema de defesa para conquistar o status sanitário máximo, designado pela letra “A”, em um sistema de pontuação, estabelecido pela mesma norma”. Lucchese acrescenta, que ”além do treinamento, outras medidas estão sendo tomadas para atender os requisitos necessários como, por exemplo, a melhoria do sistema dos corredores sanitários e barreiras nas divisas com os estados do Mato Grosso do Sul, Paraná, Minas Gerais e Rio de Janeiro e o cadastramento das granjas e empresas do ramo avícola”.

O plano de prevenção da influenza aviária e de prevenção e controle da doença de newcastle reforça o sistema de vigilância. Caso haja a suspeita da ocorrência das doenças nos plantéis avícolas, a equipe do Gease será mobilizada para garantir que a doença ficará restrita, não colocando em risco outras áreas de produção avícola, além de preservar a comercialização dos produtos no mercado nacional e internacional.

O Gease, estabelecido pela Resolução Conjunta SAA/MAPA n.º 1, de 07/03/2006, tem como objetivo: prevenir, combater, controlar e erradicar as enfermidades emergenciais; organizar as ações de vigilância e de defesa sanitária dos animais na ocorrência de enfermidades emergências; e estimular a participação da comunidade nas ações de defesa sanitária animal.

No treinamento teórico-prático, que está sendo coordenado pela Dra. Masaio Mizuno Ishizuka, professora titular emérita de epidemiologia das doenças infecciosas, da FMVZ-Usp e colaboradores, com supervisão do MAPA, participam 34 médicos veterinários.

Serviço:

Treinamento simulado de atendimento em doenças emergenciais em aves.

De 07 a 11 e de 14 a 18/05/07

Local: Hotel Nacional Plaza Inn - Rua Prof. Carlos Ibanhez, 35 – Tel.: 17-2136-7400 – São José do Rio Preto – SP.

Informações: Teresa Paranhos – Assessoria de Imprensa/CDA – 19- 3241-4700, ramal 2283.