Secretaria de Agricultura e Abastecimento

Coordenadoria de Defesa Agropecuária
Facebook Twitter Youtube Flickr
05/01/2016

99% dos bovídeos foram vacinados contra a febre aftosa em São Paulo

Dados da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo por meio da Coordenadoria de Defesa Agropecuária apontam que 10.280.507 bovídeos (bovinos e bubalinos) foram vacinados contra a febre aftosa em todo o estado. Este número representa 99,03% do total de envolvidos na etapa, 0,01% maior que o último índice alcançado nesta mesma etapa, em 2014.

Com base nos números de animais, foram imunizados 10.194.260 bovinos e 86.247 bubalinos.

Das 132.145 propriedades rurais registradas pela Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, por meio da Coordenadoria de Defesa Agropecuária, 127.205 propriedades, ou seja, 96,26% apresentaram registro de vacinação.

Foram fiscalizadas 46 propriedades, totalizando 1.979 animais, e 1.155 propriedades tiveram vacinação assistida, com 78.192 animais vacinados.

O coordenador da Defesa Agropecuária, Fernando Gomes Buchala lembra que o estado de São Paulo não registra focos da aftosa há 19 anos “porque a cadeia produtiva está atenta e consciente da importância de manter a sanidade dos rebanhos”, disse.

Dados recentes divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostram a importância do rebanho brasileiro de bovídeos, com 212,3 milhões de cabeças. O estado de São Paulo se destaca neste cenário como o oitavo maior produtor de bovinos e o sexto maior produtor de bubalinos, o que potencializa a responsabilidade.

O secretário de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, Arnaldo Jardim, enfatizou a importância da vacinação do rebanho. Ele destacou que a bovinocultura é a segunda atividade do agronegócio paulista em importância econômica. “É preciso estar atento à sanidade animal, para que nenhuma doença comprometa os rebanhos, com reflexos negativos na renda do produtor e para os agronegócios. O governador Geraldo Alckmin sempre faz questão de abrir a campanha de vacinação contra a febre aftosa. Como homem da saúde, pois é médico de formação, sempre destaca a importância das ações preventivas, também para garantir a saúde da população”, disse.

Abaixo o quantitativo de bovídeos envolvidos na etapa de vacinação contra a febre aftosa em novembro de 2015 e o índice de imunização em cada regional de Defesa Agropecuária.

EDA de Andradina - 468.676 (100,000%)

EDA de Araçatuba - 343.323 (100,000%)

EDA de Araraquara - 131.778 (99,394%)

EDA de Assis - 220.674 (100,000%)

EDA de Avaré -249.646 (99,818%)

EDA de Barretos - 144.827 (99,330%)

EDA de Bauru - 370.531 (99,434%)

EDA de Botucatu - 262.935 (97,944%)

EDA de Bragança Paulista - 206.678 (81,488%)

EDA de Campinas - 99.785 (97,649%)

EDA de Catanduva - 114.758 (99,976%)

EDA de Dracena - 336.511 (100,000%)

EDA de Fernandópolis - 230.270 (99,989%)

EDA de Franca - 191.493 (100,000%)

EDA de General Salgado - 472.196 (99,882%)

EDA de Guaratinguetá - 315.113 (99,691%)

EDA de Itapetininga - 329.805 (97,345)%

EDA de Itapeva - 256.535 (97,620%)

EDA de Jaboticabal - 84.379 (99,452%)

EDA de Jales - 369.649 (99,998%)

EDA de Jaú - 121.577 (100,000%)

EDA de Limeira - 112.774 (98,235%)

EDA de Lins - 324.906 (99,970%)

EDA de Marília - 410.952 (99,927%)

EDA de Mogi das Cruzes - 26.922 (98,132%)

EDA de Mogi-Mirim - 78.424 (99,824%)

EDA de Orlândia - 88.424 (99,808%)

EDA de Ourinhos - 264.051 (100,000%)

EDA de Pindamonhangaba - 343.262 (94,328%)

EDA de Piracicaba - 163.363 (98,604%)

EDA de Presidente Prudente - 729.231 (99,955%)

EDA de Presidente Venceslau - 803.183 (99,870%)

EDA de Registro - 115.480 (98,450%)

EDA de Ribeirão Preto - 121.650 (99,384%)

EDA de São João da Boa Vista - 319.084 (99,854%)

EDA de São José do Rio Preto - 432.524 (99,399%)

EDA de São Paulo - 6.841 (93,861%)

EDA de Sorocaba - 159.321 (99,735%)

EDA de Tupã - 305.351 (99,945%)

EDA de Votuporanga - 253.841 (99,991%)

TOTAL - 10.380.723 – (99,035%)

Por Paulo Prendes

Outras informações

Assessoria de comunicação

Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo

(11) 5067-0069