Secretaria de Agricultura e Abastecimento

Coordenadoria de Defesa Agropecuária
Facebook Twitter Youtube Flickr
18/07/2017

Em Bastos, secretário Arnaldo Jardim anuncia renovação de convênio de R$ 3 mi com APA para garantir sanidade do plantel paulista

A Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo renovou o convênio no valor de R$ 3 milhões com a Associação Paulista de Avicultura (APA) que, em parceria com a Coordenadoria de Defesa Agropecuária, tem atuado na manutenção da sanidade avícola paulista. O anúncio foi feito pelo secretário Arnaldo Jardim e pelo diretor da Associação José Roberto Bottura durante o 43º Encontro de Avicultores do Estado de São Paulo e 40ª Jornada Técnica e reforçada na abertura da 48º Festa do Ovo, realizada em Bastos no último dia 14.

De acordo com secretário, a parceria firmada pelas instituições ao longo dos últimos anos tem sido de grande importância no controle de doenças como Influenza Aviária, doença de Newcastle, salmonelose e micoplasmose. “A parceria permite um trabalho de prevenção, cuidado e desenvolvimento. Apoiar o produtor e colocar o conhecimento gerado pela pesquisa a seu serviço são diretrizes do governador Geraldo Alckmin para a Pasta”, destacou.

Conforme explicou o diretor da APA, José Roberto Bottura, a parceria possibilitará ampliar o quadro de nove para 11 veterinários que prestarão suporte em todas as atividades de controle sanitário.

Festa do Ovo

Durante a abertura da 48ª Festa do Ovo, no mesmo dia, o governador do Estado, Márcio França destacou a pujança do evento. O secretário de Agricultura Arnaldo Jardim ressaltou outras ações para manter a sanidade avícola, como o incentivo do governo paulista à pesquisa. “O governador Geraldo Alckmin anunciou o investimento de R$ 120 milhões para modernizar os institutos de pesquisa paulistas, por meio de financiamento junto à Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp).

A Secretaria, por meio da Defesa Agropecuária, também está definindo os padrões para o telamento das granjas, conforme exigência de instrução normativa do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). “Ou seja, na área da defesa, pesquisa, normatização e financiamento, temos novidades a anunciar”, concluiu Arnaldo Jardim.

Com expectativa de vendas 30% superiores à edição anterior, a festa visa atender a um público diversificado, como salientou o prefeito de Bastos, Manoel Rosa. “Bastos é exemplo de empreendedorismo que funciona, exportou qualidade sanitária à agricultura de postura do País. Aqui está a virada logística do Estado”, afirmou.

Por: Paloma Minke