Secretaria de Agricultura e Abastecimento

Coordenadoria de Defesa Agropecuária
Facebook Twitter Youtube Flickr
15/05/2018

Defesa e CATI participam de treinamento sobre sistema de produção de mudas de seringueiras

Para informar sobre as regras (legislações) em vigor da produção de mudas de seringueira em bancada e substrato será realizado nos dias 16, 17 e 18 de maio de 2018 um treinamento em São José do Rio Preto para 50 servidores estaduais da Coordenadoria de Defesa Agropecuária e da Coordenadoria de Assistência Técnica Integral (Cati), órgãos da Secretaria de Agricultura e Abastecimento.

No dia 16 o engenheiro agrônomo Paulo Fernando de Brito, diretor do Escritório de Defesa Agropecuária (Eda) de Barretos trabalhará com equipe da Defesa Agropecuária o detalhamento da Resolução SAA 23, de 26/06/2015 que estabeleceu que a partir de 01/01/2015 mudas de seringueira, somente poderão ser produzidas em sacola plástica ou similar, com substrato, sobre bancada com no mínimo 40 centímetros de altura e da e Resolução SAA 18, de 03/04/2018 que determina que o jardim clonal instalado antes de 26 de junho de 2015, poderá comercializar borbulhas até 29 de fevereiro de 2020. O engenheiro agrônomo Adão Marim, também do EDA de Barretos fará a apresentação do novo POP para fiscalização de viveiro, jardim clonal e área de produção de sementes.

No dia 17 estarão reunidos engenheiros agrônomos da Defesa e Cati. As palestras a serem apresentadas são: “Implantação da Cultura da Seringueira” pelo engenheiro agrônomo Carlos Alberto de Luca, diretor do Escritório de Desenvolvimento Rural (EDR) de Votuporanga/Cati; “Produção de Mudas de Seringueira em Bancada e Substrato” pelo engenheiro agrônomo Paulo Fernando de Brito; e “Nematoides na Cultura da Seringueira” pelo professor da Unesp de Jaboticabal, Pedro Luiz M. Moraes.

Também estão programadas visitas à seringais nos municípios de Mirassol, Olímpia e Guaraci onde o engenheiro agrônomo Tarcísio de Oliveira Giroldo, do EDA de Barretos apresentará ao grupo a parte prática sobre a coleta de amostra de nematoides, plantio de mudas de bancada e substrato e apresentação de seringal formado por mudas de bancada e substrato.

O treinamento será realizado no Recinto de Exposições \"Alberto Bertelli Lucatto\", Rua Daniel Antônio de Freitas, 115 – Distrito Industrial – São José do Rio Preto-SP.

Por Teresa Paranhos