Secretaria de Agricultura e Abastecimento

Coordenadoria de Defesa Agropecuária
Facebook Twitter Youtube Flickr

SISBOV - Sistema Brasileiro de Identificação Individual de Bovinos e Búfalos


 

Descriçao Sumária do Programa

SISBOV é o sistema oficial de identificação individual de bovinos e búfalos.

A adesão pelos produtores rurais é voluntária, exceto quando definida sua obrigatoriedade em ato normativo próprio, ou exigida por controles ou programas sanitários oficiais.

Maiores informações disponíveis no site do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

Entrevista sobre o SISBOV para o Canal Rural está disponível abaixo:

Justificativa do Programa

O SISBOV pode ser utilizado como uma ferramenta de controle sanitário para fiscalizar as propriedades rurais que querem produzir e comercializar as carnes para o mercado mundial.

O maior objetivo dos produtores rurais é o acesso ao mercado da União Europeia.

Histórico do Programa

O SISBOV foi criado pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), através da Instrução Normativa 01/2002 (revogada).

Posteriormente, foi promulgada a Instrução Normativa 17/2006, que estabelecia as regras do SISBOV, e foi revogada em 2018, através da Instrução Normativa atualmente vigente, a IN 51/2018.

Estratégias / Atividades do Programa

Os produtores interessados em aderir à norma do SISBOV devem entrar em contato com uma certificadora credenciada pelo MAPA .

Após receber seu certificado de conformidade, emitido pela certificadora, a propriedade rural está apta a receber uma auditoria oficial, realizada por equipes compostas por profissionais da Coordenadoria de Defesa Agropecuária e/ou do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

Se for aprovada na auditoria oficial, a propriedade estará habilitada para exportação aos mercados que exigem rastreabilidade.

Base Legal


  INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 51, DE 1 DE OUTUBRO DE 2018


Artigos/Documentos Técnicos

  Mapa de Áreas Habilitadas para Exportação à União Europeia.pdf


formatar para impressão   topo
enviar por e-mail   dúvidas sobre o programa